Eddy Cue

Eduardo H. Cue, Vice-presidente sênior de Software, Internet e Serviços da Apple
  • Nascimento

    23 de Outubro de 1964 em Miami, Estados Unidos

  • Fortuna

    US$ 37.47 milhões (2019)

Eduardo H. Cue nasceu em 23 de outubro de 1964 em Miami, na Flórida, mora atualmente em Los Altos, na Califórnia, Estados Unidos. Mais conhecido como Eddy Que, ele é vice-presidente sênior de Software, Internet e Serviços da Apple, respondendo ao CEO da empresa, Tim Cook.

Eddy Cue é responsável por supervisionar as lojas de conteúdo da Apple, como a iTunes Store, iBooks e Apple Music, além dos serviços Apple Pay, Siri, iCloud, iAd, Maps e toda a produtividade da empresa. Passou a ser funcionário em 1989, sendo muito importante na criação da loja online da Apple, inaugurada em 1998, assim como a iTunes Store em 2003 e App Store em 2008.

Em seus primeiros anos como integrante da Apple, foi gerente de equipes de engenharia de software e suporte ao cliente. Há quem diga que ele é conhecido por dar a volta nos produtos “fracassados” da Apple, como o iCloud em 2011, por exemplo, que atualmente conta com mais de 1,4 bilhão de usuários.

Cue também é famoso por aconselhar Steve Jobs a pensar numa versão menor do iPad. Até sua morte em 2011, Jobs foi contra a ideia, que só foi colocada em prática após Tim Cook ocupar o cargo de CEO da Apple. Desde então, Eddy Cue foi responsável pelos mapas móveis, interrupções no iCloud e iMessage, voz do Siri (que logo foi passado para Craig Federighi, vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple e posteriormente John Gianandrea, vice-presidente sênior de Inteligência Artificial).

Eddy Cue também foi fundamental na criação de um conteúdo original da Apple para concorrer com os serviços de streaming em ascensão, como Netflix, Amazon Prime Video, etc. Ele ganhou mais de US$ 22,8 milhões em remuneração total durante o ano fiscal de 2016 pelo desempenho.