Alfonso Cuarón

Alfonso Cuarón Orozco, Cineasta, roteirista, produtor, editor e diretor de fotografia
  • Nascimento

    28 de Novembro de 1961 em Cidade do México

  • Fortuna

    US$ 40 milhões (2018)

Alfonso Cuarón Orozco nasceu na Cidade do México em 28 de novembro de 1961. Ele é roteirista, diretor de fotografia, produtor, editor e cineasta mexicano, famoso por filmes como “Roma” (2018), “Gravidade” (2013), “Labirinto do Fauno” (2006) e “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” (2004).

Cuarón cresceu no México e começou a filmar aos 12 anos de idade com sua primeira câmera, durante seus estudos no Centro Universitário de Estudos Cinematográficos, conheceu o diretor Carlos Marcovich e o fotógrafo Emmanuel Lubezki, que mais tarde tornariam-se seus parceiros na produção do curta-metragem “Vengeance is Mine”. Cuarón foi expulso do centro de estudos por controvérsias geradas pelo filme ser na língua inglesa.

Depois da expulsão, atuou como assistente de direção em “Nocaut”, de José Luis García Agraz e também dirigiu alguns episódios da série “La Hora Marcada”. Junto com seu irmão, escreveu um roteiro para um filme, mas acabou sendo chamado para dirigir o longa “Sólo com tu pareja”, pelo IMCINE (Instituto Mexicano de Cinema). O filme acabou fazendo muito sucesso, o que levou Alfonso Cuarón a ser convidado a trabalhar nos Estados Unidos.

Em Hollywood, dirigiu alguns programas de TV até ser chamado para dirigir “Addicted to Love” (1997), pela Warner Bros., porém recusou o convite e aceitou dirigir “A Princesinha” (1995), que embora não tenha feito tanto sucesso nas bilheterias, foi indicado ao Oscar para duas categorias técnicas. Em 1998, dirigiu “Grandes Esperanças”, baseado em obra homônima de Charles Dickens.

Em 2001, voltou ao México para dirigir e produzir o longa “Y tu mamá también”, que se transformou em um dos maiores sucessos do cinema mexicano. Em 2004, foi chamado pela Warner Bros novamente, dessa vez para participar da direção do terceiro filme da saga Harry Potter, “Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban”, atualmente sendo o filme de maior bilheteria de Cuarón.

Alfonso Cuarón dirigiu o longa “Gravidade” em 2013, estrelado por Sandra Bullock e George Clooney, vencendo o Oscar de “Melhor Diretor”, “Melhor Montagem” e sendo indicado a “Melhor Filme”. O longa também levou o Globo de Ouro na categoria de “Melhor Direção”. Em 2018, o diretor surpreendeu com o longa “Roma”, exclusivo para a plataforma de streaming Netflix. Cuarón é diretor, produtor, roteirista, editor e diretor de fotografia do longa, que foi indicado a dez categorias do Oscar em 2019, faturando três estatuetas, incluindo a de “Melhor Diretor”. Ao todo, “Roma” foi indicado a três categorias no Globo de Ouro, levando duas; sete no BAFTA, levando quatro e oito no Critics’ Choice Awards, levando quatro.