Review Amazon Echo Dot 3 | A opção ideal para iniciar uma casa inteligente

Review Amazon Echo Dot 3 | A opção ideal para iniciar uma casa inteligente

Por Jucyber | Editado por Wallace Moté | 20 de Junho de 2021 às 13h00
Ivo/Canaltech

Lançada em 2018, e chegando ao Brasil em 2019, o Amazon Echo Dot 3 permitiu o primeiro contato de muitos usuários com um dispositivo compacto que traz o sistema focado na criação de uma casa inteligente.

A terceira geração foi focada em entregar melhorias na reprodução do áudio, bem como um reajuste na construção externa para dar um visual mais interessante ao equipamento, já que ele vai estar o tempo todo integrado com a decoração do ambiente.

Mas, será que ele é a opção ideal para quem quer iniciar uma casa inteligente gastando pouco? Confira a resposta na análise completa!

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Prós

  • Boa distribuição de áudio
  • Alexa adaptada aos novos comandos
  • Preço baixo

Contras

  • Carregador de tomada grande e pesado
  • Microfone falha na identificação de comandos

Design e Construção

A Amazon Echo Dot 3 traz um visual próximo ao que foi aplicado na 2ª geração, mas tem como principal diferença o material usado no exterior, que é um tipo de tecido semelhante ao do Google Nest Mini, no qual se tem um aspecto mais bonito.

O peso é dentro do aceitável para um equipamento deste porte, não dando nenhum tipo de dificuldade para manter em superfícies mais altas, bem como em suportes de parede sem o risco de queda.

  • Dimensões: 43 x 99 x 99 mm
  • Peso: 300 gramas

O formato circular, popularmente chamado de “pizza brotinho”, é subdividido entre o aro de iluminação em LED presente no topo e a saída de som que engloba quase toda a área do equipamento.

Cada luz gerada pelo dispositivo representa um modo de operação da Echo Dot 3:

  • Laranja: modo de configuração;
  • Azul: esperando um comando após falar “Alexa”;
  • Vermelho: quando está no mudo e nenhuma ação pode ser executada por voz;

No topo é possível encontrar os botões de acesso rápido, sendo dois para controle do volume, um para ativar ou desativar o microfone e mais outro focado em ações específicas, como resetar o aparelho.

Um upgrade que foi adicionado na 4ª geração está relacionado aos botões de controle, que agora possuem um relevo para ajudar cegos na identificação das ações que estão sendo executadas. O Echo Dot 3 não ter isso representa uma falta de acessibilidade.

O cabo pode ser considerado o grande ponto negativo desse produto, já que a fonte de 15 W é externa e isso criam um impasse para usuários que preferem evitar aparelhos com fios para criação de um ambiente inteligente e clean.

Desta forma, se a Amazon encontrasse uma maneira de adicionar uma bateria de boa duração, sem que isso comprometesse o tempo de vida da Echo Dot 3, seria um diferencial importante em relação aos concorrentes.

Configuração e Desempenho

O uso da Echo Dot 3 depende diretamente do aplicativo Amazon Alexa, que possui versões para os sistemas operacionais Android e iOS. E, com a ajuda direta do smartphone, é possível experimentar os diversos recursos pré-definidos de acordo com o dispositivo ou adicionar novos.

Algumas rotinas mais populares já podem ser usadas assim que a configuração é finalizada, como as que são relacionadas a momentos do dia, cômodos específicos da casa e outras opções que não necessitam de outros equipamentos em adição.

Em conjunto com essas alternativas, existe a área para adição de novas programações, baseando no tipo de produto conectado ao app, sejam lâmpadas, tomadas, televisores, computadores, etc.

Dentro do aplicativo, é possível administrar todos os exemplos de aparelhos citados, bem como a Echo Dot e qualquer outro equipamento da Amazon compatível com a assistente virtual Alexa.

Enquanto fisicamente o aparelho não possui acessibilidade, o contrário acontece no aplicativo, onde existe o botão virtual para ativar o comando principal e outros adicionais, sendo um dispositivo interessante para surdos.

Internamente, a Echo Dot 3 possui quatro microfones e um speaker de 1,8 polegada, que proporciona a sonoridade alta que o usuário espera. A cobertura desse som se estende por quase toda área ao redor, criando uma espécie de distribuição do áudio em 360°.

Mesmo usando há quase dois anos, a sensação de distribuição do áudio uniforme permanece, mostrando a estabilidade do hardware em sincronia com o software. 


Conectividade

Das conexões físicas, a Amazon Echo Dot 3 conta penas com duas, sendo a entrada de energia para plugar a fonte presente na caixa, e uma segunda de 3,5 mm para inserção de fones de ouvido e outros dispositivos de áudio.

Esta opção para uso em outros aparelhos de som pode ser positiva para quem está querendo ter uma experiência auditiva diferenciada, onde uma música toca em um volume maior do que o alcançável pelo aparelho da Amazon.

Além disso, a terceira geração compacta conta com WiFi dual band, para conexão de 2,4 GHz e 5 GHz, permitindo uma amplitude da exploração da banda larga wireless. Em sincronia com o aplicativo, o Bluetooth permite a conexão direta do equipamento com o smartphone.

É importante ter atenção com ao uso wireless, pois conectar a Echo Dot 3 com modelos mais recentes requer um pouco de atenção, pois a sincronização com certos aparelhos só acontece com eficácia, e sem a necessidade de constantes ajustes manuais, na banda de 2,4 GHz.

Sistema de Som

Em relação ao som, é nítido que o formato de reprodução é mono, pois as ondas sonoras são distribuídas por apenas um driver e não há divisão entre voz e instrumentos musicais, no caso de canções.

Porém, isso não transforma o Echo Dot 3 em um aparelho aquém em qualidade, pois o volume é consideravelmente alto e claro, mesmo em situações onde alguns aparelhos falham neste quesito.

Controles da Amazon Echo Dot 3 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Ela tem 4 microfones, o que permite o uso, em alguns momentos, para dar um comando de voz em um cômodo diferente do aparelho. Porém, existem situações em que as entradas de áudio se mostram ineficazes, principalmente onde é necessário que um comando seja realizado.

Esta falha pode ser notada em momentos específicos, como ao tocar músicas e querer que a Alexa execute algo diferente a qualquer momento, bem como a percepção do que é dito em inglês, pois é preciso um conhecimento da língua para que a identificação seja correta.

Mesmo com esses pequenos defeitos o uso no dia a dia os torna irrelevantes, pois a inteligência artificial está cada vez mais personalizada para o público brasileiro e isto torna a experiência de uso menos “americanizada”.

Concorrentes Diretos

Uma grande concorrente da Echo Dot 3 é o equipamento desenvolvido pela gigante das buscas, o Google Nest Mini de 2ª geração. Atualmente, esta é a principal alternativa para o modelo, seja por ter fácil compatibilidade ou pelos comandos versáteis.

Obviamente que o modelo da fabricante do sistema Android tem a vantagem de ter uma integração direta com grande parte dos smartphones através do Google Assistente, no qual se usa o comando “Ok, Google”.

Desta forma, o controle de tudo por um aplicativo que já vem instalado em diversos celulares pode ser um ponto positivo, além da integração entre diversos dispositivos, que é mais rácil de ser feita.

Em adição, a preço também se tornou um elemento que chama ainda mais a atenção para o aparelho do Google, que está atualmente até R$ 50 mais barato em algumas lojas, um preço que já possibilita a compra de outro acessório para conexão.

Mas, quando se trata de personalizações, o fato da Amazon estar sempre impulsionando os desenvolvedores da empresa e outros menores a criarem skill relevantes para a Alexa ainda é um grande ponto a ser levado em conta no momento da compra, levando a Echo Dot 3 a ser um produto atrativo.

Ficha técnica

  • Saída de áudio de 1.8 polegadas
  • 4 microfones internos
  • Chipset: 1,3 GHz ARM Cortex-A35 Quad-Core
  • Dimensões: 43 x 99 x 99 mm
  • Peso: 300 g
  • Conexão: entrada 3.5mm
  • Wi-Fi: 802.11 a/b/g/n 2.4/5GHz
  • Bateria: fonte de alimentação com 15 W
  • Cores disponíveis: cinza, preto e rosa
  • Assistente de voz: Amazon Alexa


Conclusão

Muitos usuários se perguntam: ainda vale a pena comprar a Echo Dot 3? E para estes a resposta é a seguinte: sim! O dispositivo inteligente possui uma alta compatibilidade com diversos aparelhos e isso é ótimo para criar um ambiente integrado.

Além dos comandos adicionados na Alexa, que foram originalmente pela Amazon, a opção de implementar skills diferenciadas permite uma integração ainda maior entre o sistema e os aparelhos usados nessa conectividade via app.

O som possui grandes pontos positivos para quem a escolhe, mesmo que o microfone falhe em alguns momentos, principalmente quando o comando é dado durante a execução de uma música.

Todavia, para quem quer começar a criar uma casa inteligente gastando pouco, este aparelho é a melhor opção. Porém, é importante ficar de olho no preço, pois, se estiver muito próximo da Echo Dot 4, a melhor opção é fazer a compra do modelo mais atual.

Gostou da Amazon Echo Dot 3? Então, confira as ofertas que separamos para você nos links abaixo:

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.