Amazon é processada por gravar vozes de crianças com o dispositivo Echo Dot Kids

Por Natalie Rosa | 14 de Junho de 2019 às 16h41
Reprodução: PC Mag
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

No início do mês passado, tivemos o conhecimento de que a Amazon estava sendo acusada de gravar a conversa de crianças pequenas por meio do dispositivo Echo Dot Kids.

Grupos de defesa de crianças apresentaram uma queixa no FTC (Comissão Federal de Comércio), órgão dos Estados Unidos, afirmando que os dispositivos não só armazenam dados dos usuários, como também gravam, de forma ilegal, conversas de crianças pequenas.

Agora, a empresa recebeu novas queixas nos EUA. De acordo com informações de um periódico local, as ações alegam que a Alexa registra e grava as vozes de milhões de crianças sem o consentimento delas e dos pais. Um dos registros foi feito em nome de uma menina de 10 anos de Massachusetts, enquanto outro foi apresentado no mesmo dia em Los Angeles com o nome de um menino de oito anos.

Imagem: Reprodução

De acordo com o processo, a Amazon não alerta os usuários em momento algum que gravações estão sendo feitas, muito menos pedindo por consentimento. Com a repercussão das denúncias, a companhia foi contatada e um porta-voz emitiu um comunicado, mas se recusou a comentar sobre o litígio.

"A Amazon tem um compromisso de longa data de preservar a confiança de nossos clientes e suas famílias, por isso temos medidas e protocolos rigorosos para proteger sua segurança e privacidade. Para clientes com crianças, oferecemos o serviço gratuito FreeTime na Alexa, que oferece controle parental e maneiras para que as famílias possam aprender e se divertirem juntas", disse a nota.

No mês passado, ainda foi descoberto que a Alexa mantém as conversas transcritas, mesmo que o áudio seja apagado. Em nota, a empresa disse que todas as transcrições de texto da Alexa são apagadas do sistema principal e que está trabalhando em remover também de outras áreas em que os dados possam passar.

Fonte: CNET, BGR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.