Waymo terá primeiro carro autônomo nas estradas da Califórnia

Por Rafael Rodrigues da Silva | 03 de Julho de 2019 às 14h26

Tentando estar sempre na vanguarda da inovação, a Alphabet (empresa mãe do Google) conseguiu dar mais um passo importante em sua divisão de veículos autônomos: nesta semana, o estado da Califórnia enviou para a Waymo (empresa pertencente à Alphabet responsável pelo desenvolvimento de carros autônomos) a liberação para que os veículos da empresa circulem pelas ruas levando passageiros.

A permissão foi disponibilizada nesta terça-feira (2) pela Comissão de Serviços de Utilidade Pública da Califórnia, permitindo que a Waymo também participe do programa piloto de serviços de transporte efetuados por veículos autônomos do estado. Atualmente, cerca de 60 empresas já possuem permissão para transportar passageiros na Califórnia, mas a Waymo se torna a primeira que poderá transitar não apenas pelas ruas das cidades, mas também por rodovias e estradas.

Mas, como faz parte de um programa piloto, a permissão ainda possui várias restrições, como a necessidade de os carros da empresa só poderem transitar caso possuam um motorista para assumir o comando do veículo a qualquer momento, e que a Waymo não pode cobrar qualquer tipo de tarifa pela viagem de seus passageiros. Além disso, a empresa deverá frequentemente enviar relatórios para a Comissão sobre protocolos de segurança das viagens, o total de passageiros que viajaram com a companhia e a quantidade de milhas percorridas. À empresa também foi concedida a permissão para contratar terceirizados para o serviço (já que alegou que não conseguiria manter todas as normas de segurança apenas com seus funcionários contratados) desde que eles passem pelo mesmo treinamento de motoristas da Waymo antes de ficarem responsáveis pelos carros da empresa.

Em pronunciamento oficial, a Waymo revelou que irá usar essa permissão para atuar em todo o território do sul da Califórnia, e que pretende usar a oportunidade para desenvolver uma rede de transporte tão eficiente quanto a que a empresa criou na região metropolitana de Phoenix.

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.