Volvo anuncia planos para dobrar, sozinha, vendas do segmento elétrico

Volvo anuncia planos para dobrar, sozinha, vendas do segmento elétrico

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 15 de Dezembro de 2021 às 17h14
Divulgação/Volvo

A Volvo reuniu a imprensa nesta quarta-feira (15) para o Momento Recharge. O evento reservou três grandes anúncios, todos voltados para o segmento de carros elétricos no Brasil.

Além de divulgar planos para incrementar a ainda carente infraestrutura de recarregamento desse tipo de veículo no país, a marca sueca também surpreendeu ao decretar o fim de um dos modelos a combustão da linha. "A partir de hoje, todos os XC40 vendidos no Brasil serão 100% elétricos", avisou João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo.

Mas não foi apenas isso, e o evento foi palco de outros grandes anúncios, numa iniciativa que a Volvo chamou de "O maior investimento em eletrificação da história do Brasil".

Infraestrutura para recarregamento

Volvo anunciou 13 corredores elétricos, começando pela Grande São Paulo (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

A primeira grande notícia da Volvo teve como porta-voz o diretor de marketing para a América Latina, Rafael Ugo. E foi voltada para a infraestrutura. "Transformação para a Volvo tem nome: eletrificação. Isso passa por uma mudança de mentalidade", sintetizou.

Ugo revelou que, para mudar a mentalidade do usuário e, principalmente, colocar um ponto final em um dos principais problemas que o carro elétrico enfrenta hoje, a Volvo resolveu agir. A marca anunciou que irá instalar 13 corredores elétricos, cada um com duas bocas (totalizando 26 pontos), partindo de São Paulo, em um projeto de cinco fases.

"A fase 1 cobrirá 3.250 quilômetros e terá carregadores elétricos de 150 kw, que poderão dar até 80% de carga em 35 minutos".

Segundo o executivo, o investimento beira os R$ 10 milhões, estará finalizado até abril e englobará restaurantes e locais de fácil acesso e uso frequente. E o melhor: de graça, para clientes Volvo ou da concorrência.

Socorro na beira da estrada

Segundo a Volvo, 52 postos de carga alternada estarão disponíveis em SAUS nas estradas (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

A Volvo também anunciou uma parceria com a Ecorodovias, concessionária que administra algumas das principais estradas do Brasil. A fabricante de automóveis irá instalar, até fevereiro de 2022, 52 postos de carga alternada (mais lenta) em Serviços de Apoio ao Usuário, os chamados SAUS.

A ideia é socorrer quem estiver em apuros durante uma viagem e, com uma hora de carga, dar condições de seguir viagem em segurança com 15% de carga.

Os carregadores serão de 11 kw e, a exemplo dos rápidos, não cobrará nada dos clientes, sejam eles da marca ou não. "Nosso compromisso é com a eletrificação", justificou o executivo.

XC40: agora só elétrico

Volvo anunciou que todos os XC40 vendidos no Brasil serão 100% elétricos a partir de hoje (Imagem: Divulgação/Paulo Amaral)

O terceiro anúncio teve novamente como porta-voz o executivo de inovação da Volvo, João Oliveira. E desta vez foi sobre um produto da marca. Com direito a uma indireta para um rival de mercado, que recentemente anunciou uma nova SUV a combustão, o executivo cravou:

"A gente vende o futuro, enquanto nossos concorrentes vendem o passado. Passaremos a vender o XC40 somente elétrico no Brasil, e projetamos um crescimento de 8% a 10% nas vendas da família em 2022".

O diretor está tão confiante no futuro elétrico do Brasil que, ao lembrar que em 2021 as vendas totais do segmento foram de pouco mais de 2,3 mil unidades, fez uma projeção ousada: "Vendemos mais de 3 mil XC40 e estamos projetando um crescimento de 8% a 10%. A Volvo, sozinha, vai dobrar a indústria elétrica no Brasil", concluiu.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.