Startup dos EUA desenvolve ônibus voador elétrico capaz de levar até 40 pessoas

Startup dos EUA desenvolve ônibus voador elétrico capaz de levar até 40 pessoas

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 16 de Junho de 2021 às 15h00
Kelekona

Os veículos elétricos voadores serão realidade, mas a velocidade com que empresas estão apostando neste tipo de produto impressiona tanto quanto a eficiência prometida por eles. Desta vez, a novidade fica por conta do ônibus voador elétrico da Kelekona, uma startup com sede em Nova York que acabou de anunciar o desenvolvimento dessa nova solução em mobilidade urbana.

De acordo com a empresa, o ônibus será o que conhecemos como eVTOL, a mesma tecnologia utilizada pelos carros voadores da Embraer e Volocopter. São carros ou drones que decolam verticalmente e possuem rotores elétricos, além de bateria e carregamento como se fossem os veículos eletrificados que rodam atualmente pelas ruas no mundo. O que muda no modelo da Kelekona é a capacidade de passageiros e de carga.

A promessa é que ele seja capaz de levar até 40 passageiros em rotas de ponte aérea, mas com preços bem parecidos com os de trens de alta velocidade, algo na casa dos US$ 80. A primeira rota programada para o ônibus voador da Kelekona é o trajeto entre a cidade de Nova York até Hamptons, um bairro de luxo localizado a 150 quilômetros da megalópole e que será feito em apenas uma hora. Outras rotas programadas para a primeira fase do projeto são Los Angeles/São Francisco e Londres/Paris.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A ideia de criar um veículo desse porte veio do CEO da Kelekona, Braeden Kelekona. Segundo ele, o já carregado espaço aéreo das grandes cidades estará ainda mais cheio quando os carros voadores começarem a dividir os ares com os helicópteros. Portanto, fará mais sentido levar mais pessoas em um único veículo, como esse ônibus.

Para levar as 40 pessoas ou até 4,5 toneladas em carga, o ônibus voador da Kelekona será equipado com oito grandes rotores e uma fuselagem feita em alumínio e material composto criado com uma impressora 3D. Os pousos e decolagens, como citamos, serão verticais.

Se regulamentado, o ônibus voador poderá operar já em 2024. Os planos da Kelekona, porém, são de iniciar os trabalhos apenas com carga e, depois, passar aos passageiros.

Fonte: Singularity Hub

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.