SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Mercedes anuncia novo Classe E com preço agressivo

Por| Editado por Jones Oliveira | 08 de Fevereiro de 2024 às 17h49

Link copiado!

Divulgação/Mercedes-Benz
Divulgação/Mercedes-Benz

A 11ª geração do Classe E, um dos carros mais tradicionais e icônicos da história da Mercedes-Benz, chegou ao Brasil. Segundo a montadora, o sedan, que “há mais de 75 anos está se reinventando e lançando tendências”, tem tudo para seguir como um marco na história da Mercedes.

Carlos Garcia, presidente e CEO da marca, abriu a apresentação da nova geração nesta quinta-feira (8) reforçando o slogan que acompanha a Mercedes-Benz há décadas e, segundo ele, está “mais atual do que nunca” com a chegada do novo Classe E.

“Construímos os carros mais desejados do mundo, e cada vez mais essa frase vai ficar clara na mente dos nossos clientes com o novo Classe E”.

Continua após a publicidade

Mercedes Classe E estreia o “Me Connect”

O novo Mercedes-Benz Classe E chega ao Brasil em versão única, 300 Exclusive, e tem como principal novidade a estreia do sistema de serviços online Mercedes Me Connect no país.

O Mercedes Me Connect mantém o carro conectado full time, com GPS integrado e 32 funções disponibilizadas tanto via aplicativo quanto na central multimídia do próprio carro — após o devido cadastro e pareamento.

Continua após a publicidade

Entre funções já disponibilizadas pela concorrência, como bloqueio por localização, função de realidade aumentada e dados do percurso, uma inédita se destaca: a possibilidade de direcionar a chamada de SOS ou de auxílio para um atendente que fale a língua do usuário. O sistema reconhece isso por meio do idioma selecionado na multimídia e, em caso de chamado, encaminha a chamada para um agente específico.

O que mudou no Classe E?

Em termos de design, a nova geração do Classe E segue com as linhas de um sedan clássico, mas com pitadas de esportividade. Elas ficam nítidas nos powerdomes do capô, nas linhas laterais mais limpas, na nova grade frontal com câmeras e radares instalados e nos faróis em LED com assistência adaptativa.

Continua após a publicidade

O modelo também conta com rodas de liga-leve multirraios de 20 polegadas e apresenta pontos herdados do EQS, como as maçanetas embutidas iluminadas e o esterçamento do eixo traseiro em até 4,5 graus, função que torna as manobras e a dirigibilidade mais ágeis e confortáveis.

No interior, que segue bastante luxuoso, e com algumas novidades, também merece destaque o pequeno aumento na distância entre-eixos, que ficou 2 centímetros maior. Segundo Evandro Bastos, Head de Produtos Automóveis, a mudança tornou o espaço traseiro mais confortável para as pernas e a cabeça dos passageiros. “Espaço também é luxo”, sintetizou.

Os bancos do novo Classe E são de couro Nappa com costuras em diamante e três opções de acabamento (branco, marrom ou cinza), e a cabine também apresenta como novidades as saídas de ar invisíveis e três telas com superfície de vidro MBUX Superscreen — duas de 12,3 polegadas (para o motorista e para o passageiro) e uma de 14,4 polegadas, central.

Continua após a publicidade

O sistema de som é assinado pela Burmester, tem 17 alto-falantes e 739 watts de potência, além da função 4D, que transmite as vibrações no ritmo da música para o banco do motorista.

Selfie e jogos só com o carro parado

O novo Classe E também apostou alto no entretenimento a bordo, e oferece como novidades dois recursos que os influenciadores digitais certamente irão curtir. O principal deles é uma câmera interna de selfie, que capta fotos e vídeos que podem ser jogadas para um pendrive externo.

Continua após a publicidade

A outra é uma gama de jogos, oferecida na tela da central multimídia. Mas há um detalhe: tanto a câmera de selfie quanto os jogos só ficam habilitados com o carro parado.

Mercedes Classe E: Motorização e autonomia

O novo Mercedes Classe E também tem muito a entregar no que diz respeito à motorização e à autonomia. O carro é um híbrido leve, com o conjunto formado por um motor 2.0 de 4 cilindros e um sistema elétrico de 48 volts.

Continua após a publicidade

A potência do motor a combustão é de 258 cv, com apoio de 23 cv extras do sistema híbrido. A transmissão é a 9G-TRONIC automática. O novo Classe E segue o cronograma da marca de se tornar carbono zero em 2039. Atualmente, segundo os executivos, 98% do portfólio à venda no Brasil é de carros eletrificados.

Além da boa motorização, a nova geração do Classe E conta ainda com melhorias na suspensão. As rodas dianteiras são controladas por quatro braços individuais, enquanto no eixo traseiro há uma suspensão independente multibraço com cinco links.

Segundo a marca, o sistema de suspensão pneumática Airmatic deixa a condução muito mais sensível, confortável e estável, pois mantém a altura livre do solo constante, independentemente da carga do veículo, embora possa realizar alterações quando necessário (em lombadas muito altas, por exemplo).

Continua após a publicidade

Os números relacionados à autonomia também são interessantes. O novo Classe E recebeu classificação “C” do Inmetro e apresentou médias de consumo de 12,03 km/l na estrada e de 8,86 km/l na cidade. O nível de emissão de poluentes, segundo a marca, é de 2,08 MJ/km.

Quanto custa o Mercedes Classe E?

O novo Mercedes Classe E terá as 15 primeiras unidades disponíveis para os clientes no Brasil ainda na primeira quinzena de fevereiro, por um preço bastante agressivo: R$ 639.900.

Segundo os executivos da marca, os serviços do Me Connect serão oferecidos gratuitamente por 1 a 3 anos — cada uma das funcionalidades tem um período diferente de gratuidade. Após esse tempo, haverá a cobrança de uma taxa, mas os valores não foram divulgados pela Mercedes.

Continua após a publicidade