Faraday Future ainda vive e deve produzir seu carro elétrico ainda este ano

Por Eduardo Hayashi | 31 de Julho de 2018 às 19h18

Após sofrer diversos prejuízos financeiros, a montadora chinesa Faraday Future, sediada na Califórnia, permaneceu em silêncio por um bom tempo desde a revelação inicial do automóvel elétrico FF 91 na CES 2017.

No entanto, ao contrário das expectativas negativas, a companhia reapareceu nesta segunda-feira (30) informando não somente que os planos com o FF 91 permanecem vivos, como também alegando que a produção do lote de veículos deve ocorrer ainda em 2018.

Esta notícia vem logo após a fabricante informar que concluiu com sucesso a montagem do primeiro protótipo body-in-white do FF 91, que consiste em uma unidade somente da estrutura básica do automóvel, excluindo detalhes de acabamento, como assentos, pintura e todos os componentes motorizados. Este é um passo essencial crucial para que a Faraday Future pavimente o seu caminho para a fabricação em massa de seus novos carros.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Estrutura básica do FF 91 (Imagem: Faraday Future)

Entre os principais desafios de produção, a montadora relatou grandes dificuldades para encontrar uma forma de aplicar os 1.500 rebites que mantêm todas as peças principais de alumínio unidas. Além disso, a fabricante também comentou que foi necessário dominar uma técnica de soldagem de alumínio ao aço e incorporar ferramentas de torque “transdutorizadas" para reduzir as chances de erro de produção e aumentar precisão de cada etapa de fabricação.

De acordo com as estimativas da Faraday Future, as primeiras unidades do FF 91 devem ser produzidas em dezembro deste ano. Para a confecção dos veículos, a empresa escolheu uma antiga fábrica da Pirelli, que está siturada a 320 km ao norte da cidade de Los Angeles, na Califórnia, onde está localizada a sede da montadora.

Dentre as especificações comentadas no anúncio original, os detalhes sobre a performance do veículo elétrico não foram alterados, pois conforme o prometido, o FF 91 será capaz de alcançar a velocidade de 96 km/h em menos de três segundos, o que fará dele um dos veículos mais velozes do mundo.

Ainda sem uma estimativa de preço, a Faraday Future informou que o veículo atenderá aos padrões de automóveis "premium", e que os valores de cada modelo devem ser anunciados ainda em 2018.

Fonte: DigitalTrends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.