Embraer ganha carro voador concorrente com diferencial importante

Embraer ganha carro voador concorrente com diferencial importante

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 08 de Dezembro de 2021 às 16h00
Divulgação/Ascendance

A Embraer acaba de ganhar mais um concorrente no mercado de carros voadores. A startup francesa Ascendance Flight Technologies anunciou o desenvolvimento do Ascendance ATEA, modelo híbrido que terá decolagem vertical e funcionamento bem parecido com automóveis hibridizados.

Segundo a fabricante, o ATEA utilizará os propulsores elétricos apenas para decolagem, enquanto os motores a diesel serão os responsáveis por, de fato, fazerem o carro voador funcionar em sua atividade de cruzeiro. Os carros híbridos convencionais utilizam do mesmo expediente, o que ajuda na economia de combustível.

A promessa da Ascendance é de que os níveis de emissão sejam 80% menores do que um carro 100% a diesel. O ATEA, quando finalizado, terá autonomia total de pouco mais de 400km, ideal para viagens curtas ou utilização em ambiente urbano, como a maioria dos eVTOLs (veículos elétricos voadores com decolagem vertical). O tempo de recarga das baterias será de apenas 10 minutos em um carregador convencional.

ATEA terá boa autonomia para uso urbano e, também, viagens regionais (Imagem: Divulgação/Ascendance)

Com relação ao design, nenhuma grande surpresa. Projetado para levar até cinco passageiros, o ATEA dispõe de oito rotores espalhados em suas asas dianteiras e traseiras. Segundo a empresa, seu nível de ruído será bem menor do que um helicóptero convencional, mas, ainda sim, mais barulhento do que os carros voadores 100% elétricos.

A expectativa da Ascendance é começar a produção em massa do ATEA em 2025. O foco da empresa é vender o carro voador híbrido para empresas de carona, segurança e serviços de socorro.

Fonte: Ascendance

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.