Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Acervo de carros antigos tem relíquias da BMW e até Ferrari protótipo

Por| 07 de Julho de 2024 às 11h00

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech
Paulo Amaral/Canaltech

A Fazenda Baronesa, localizada no Alto da Boa Vista, uma das áreas mais nobres de Campos do Jordão, conta com verdadeiros “tesouros” dentro dela. Além da plantação de morangos e framboesas, ambos com um sabor incomparável às frutas que encontramos por aí, o local abriga um acervo de carros antigos que poucos tiveram o prazer de visitar.

O local pertence à Fundação Lia Maria Aguiar e é fechado ao público, mas foi preparado especialmente para receber um grupo de jornalistas convidados pela BMW no evento que marcou o lançamento dos novos modelos da marca e da MINI, que também faz parte do grupo.

A reportagem do Canaltech esteve presente no local e viu de perto relíquias do mundo automotivo, desde um Lincoln K 1939, que transportou o Papa João Paulo II e a Rainha Elizabeth II, até o único protótipo de uma Ferrari F50 que “sobreviveu” no planeta. Confira 7 carros sensacionais do acervo de Campos do Jordão.

Continua após a publicidade

7. Lincoln K 1939

O Lincoln K exposto no acervo de carros antigos em Campos do Jordão tem história. Segundo os responsáveis pelo local, ele transportou diversas autoridades, como Getúlio Vargas, a rainha Elizabeth II e o Papa João Paulo II

Esse autêntico ícone tem motor V12 de 6.8 litros, que rende 150 cv, câmbio de 3 velocidades e carroceria aberta, com 4 portas e capacidade para 7 lugares. Uma obra-prima.

6. Chrysler Imperial

Outra verdadeira relíquia que está no acervo é o Chrysler Imperial L80, fabricado em 1928.

Assim como o Lincoln, esse imponente automóvel foi o meio de transporte que levou o Papa João Paulo II em uma viagem de Aparecida do Norte a São José dos Campos, além de também ter transportado a Princesa Michiko, do Japão.

Continua após a publicidade

5. De Dion-Bouton

Esse curioso carro azul é um De Dion-Bouton. O modelo francês foi fabricado em 1912 e carrega com ele um dado interessante: foi o primeiro carro registrado no Detran de São Paulo.

O modelo conta com manivelas no lugar do tradicional volante redondo, câmbio de apenas duas velocidades e não tem marcha ré.

Continua após a publicidade

4. Rolls-Royce 20 HP

O Rolls-Royce 20 HP foi encomendado pelo presidente do Banco do Brasil à época, Ernesto Pontes, para presentear a esposa, Madame Pontes.

A principal característica do carro produzido em 1927 é a carroceria única, também chamada de Hooper.

Continua após a publicidade

3. Ferrari F50 (P2)

Essa raríssima Ferrari F50 é o típico carro que, literalmente, não tem preço. Segundo os historiadores responsáveis pelo acervo, ele é o protótipo número 2 construído pela marca italiana, e hoje é único no mundo,, já que o P1 desapareceu.

O modelo é um dos mais cobiçados e vistos da imensa coleção de preciosidades que o Canaltech viu de perto em Campos do Jordão.

Continua após a publicidade

2. Audi RS2

Essa beleza de carro da Audi tem diversos motivos para estar na lista de mais impressionantes do acervo. E eles vão muito além do design.

O Audi RS2 que está no acervo foi produzido em parceria com a Porsche, contou com o auxílio de ninguém menos que o tricampeão Ayrton Senna, apaixonado por carrões, em sua construção. Além de contar com o motor da marca “irmã”, o RS2 também é sinalizado duplamente nas placas de identificação. Raridade que fala, né?

Continua após a publicidade

1. BMW 850 Ci

O carro escolhido para fechar a lista de tesouros escondidos no acervo de Campos de Jordão não poderia ser outro. Estamos falando de um raro BMW produzido com motor V12.

Essa 850 Ci, ano 1992, tem pouquíssimos quilômetros rodados e aparenta ser 0km, de tão bem conservada que está. O visual clássico dos superesportivos da década e o monstruoso propulsor não deixam dúvidas de que trata-se de um ícone mundial.

Continua após a publicidade

E aí? Ficaram com vontade de conhecer o acervo? Então preparem-se, pois não será surpresa se as portas do hoje quase secreto local forem, em breve, abertas para visitação do público. É esperar… e torcer.