Voo de drones para fins comerciais é liberado pela FAA nos EUA

Por Redação | 11 de Junho de 2014 às 12h04
photo_camera Divulgação

A Administração Federal de Aviação (FAA) norte-americana anunciou nesta terça-feira (10) uma medida inédita. A agência do governo aliviou as restrições de voo de drones e permitiu, pela primeira vez, que um avião não tripulado voasse sobre seu território.

De acordo com o noticiado pelo CNET, a permissão foi cedida à fabricante de drones AeroVironment e à empresa de energia BP, que poderão ter seu modelo Puma sobrevoando a região de Prudhoe Bay, no Alasca. Na área, está localizado o maior campo de petróleo da América no Norte e o voo tem como objetivo inspecionar oleodutos, estradas e equipamentos para a BP.

Para o presidente e CEO da AeroVironment, Tim Conver, a liberação do governo permitirá que a BP gerencie melhor as operações em Prudhor Bay com aumento na segurança, nos benefícios para o meio ambiente e na produtividade da empresa. Segundo ele, esta é uma importante conquista da parceria entre as empresas e prova de como o uso de drones é seguro e eficaz, podendo também ser utilizado agora para fins comerciais. A FAA já havia permitido anteriormente o uso de drones voando sobre as águas do Ártico, mas esta é a primeira vez que aprova o uso sobre a terra.

O estudo detalhado da região de Prudhoe bay será possível principalmente devido às especificações técnicas do modelo drone Puma. A capacidade de voar baixo, entre 200 e 400 metros do solo, e a uma velocidade reduzida, menos de 40 nós, permite que o drone seja extremamente preciso na coleta de dados. O Puma possui 4,5 m de comprimento e envergadura de 2,7 m, com um sensor embutido que permite captar imagens e dados a serem processados em 3D.

Drone Puma

Além da permissão cedida à AeroVironment, declarações recentes do secretário de transportes, Anthony Foxx, dão a entender que a FAA pode restringir ainda menos o uso de drones para fins comerciais. Segundo ele, as pesquisas no Alasca seguem uma direção importante e as oportunidades de uso da tecnologia estão crescendo rapidamente.

A FAA também informou recentemente que estuda permitir que estúdios de cinema e TV possam utilizar drones no céu de todo o país.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.