Snapchat supostamente adquiriu empresa especializada em selfies 3D

Por Carlos Ferreira | 04 de Junho de 2016 às 22h30
photo_camera Seene

Sejam os registros mais ou menos ornamentados ou filtrados, a proposta por trás do Snapchat sempre foi razoavelmente bem definida: produzir selfies glorificadas. Entretanto, depois de acrescentar um sem número de filtros associados às características físicas e até à localização geográfica do usuário, a companhia parece agora interessada em dar um novo passo. Um passo tridimensional, por assim dizer.

Segundo uma fonte do site TechCrunch, o Snapchat teria adquirido secretamente a startup Seene, cujo aplicativo homônimo permite criar modelos 3D do rosto de forma rápida e relativamente simples. Basicamente, o Seene gera modelos tridimensionais utilizando apenas a câmera e o processamento do celular – sem qualquer necessidade de múltiplos ângulos, infravermelho ou suporte de dados firmado na nuvem.

Seene

Mais do que apenas um filtro (ou não)

É verdade que o Seene já está aí há algum tempo. Entretanto, quando foi originalmente mostrada, a tecnologia acabou como uma proposta um tanto vaga – sem uma utilização clara associada ao que quer que fosse. Mas, é claro, isso muda consideravelmente com a aquisição por parte do Snapchat.

Não obstante, em vez de simplesmente buscar um novo filtro extravagante para o seu mensageiro multimídia, o Snapchat parece mais interessado na tecnologia propriamente dita – embora, conforme menciona o referido veículo, um novo filtro também possa constar nos planos, mesmo sem representar o foco da aquisição. Uma nova função? Um recurso diferenciado no forno? Agora é esperar por algum anúncio oficial relacionado à compra.

Fonte: TechCrunch.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.