Cidade japonesa testa uso de blockchain em eleições: cidadãos votam em seus PCs

Por Ares Saturno | 04 de Setembro de 2018 às 07h26

A cidade de Tsukuba, na província de Ibaraki, a noroeste de Tóquio, no Japão, se tornou a primeira cidade japonesa a testar o uso do blockchain para fins eleitorais. O sistema não é muito distante do voto convencional e usa o número dos cartões de seguro social para validação da identidade dos eleitores. A solução é utilizada em caráter de teste, permitindo que os cidadãos votem em "projetos de contribuição social" locais sem sair de suas casas, diretamente de seus computadores pessoais.

O prefeito de Tsukuba, Tatsuo Igarashi, testou o procedimento e afirmou que tudo é muito simples e descomplicado. Entretanto, foram noticiados diversos casos de cidadãos japoneses que esqueceram as senhas cadastradas e, por isso, não puderam votar. Também houve problemas na confirmação do registro dos votos digitais e o sistema de verificação de identidade recebeu críticas, uma vez que o eleitor apenas precisa segurar o documento de previdência social próximo à tela de votação, sem formas de garantir que o cartão de fato pertença ao eleitor, permitindo fraudes.

O estado de Virgínia Ocidental, nos EUA, se prepara para instaurar votos digitais com tecnologia blockchain em suas eleições federais. Por meio de celulares, os eleitores de lá poderão escolher pré-candidatos a cargos públicos federais, como juízes e senadores.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.