Rússia utiliza cenas de jogo em TV estatal para retratar guerra na Síria

Por Ares Saturno | 27 de Fevereiro de 2018 às 17h50

A Rússia tem se mostrado um aglomerado de notícias falsas em formato de nação nos últimos anos. O governo de Putin já nem faz mais questão de tentar negar que a veracidade não é um dos valores que guiam o jornalismo do país, que não poupa golpes-baixos para conseguir influenciar internautas a fazerem ou pensarem aquilo que interessa ao Kremlin.

Associada às fake news que espalharam desinformação e tentaram influenciar no resultado das eleições estadunidenses de 2016 e no referendo que consultou a população britânica sobre o Brexit, a Internet Research Agency caiu na boca do povo, deixando claro que a Rússia não tem limites quando o assunto é influenciar e manipular.

Entretanto, os internautas estão de olho e não são bobos. Ontem (26) à noite, o canal estatal One TV, controlado pelo Kremlin, não perdeu a oportunidade de passar vergonha: ao retratar a guerra na Síria, utilizou imagens do jogo Arma 3, lançado em 2013. Internautas logo alertaram para o erro, utilizando o Pikabu, uma espécie de Reddit em versão russa. Veja, abaixo, a cena do jogo ir ao ar durante o noticiário:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Não é a primeira vez que os jornalistas russos cometem essa galhofa: em maio de 2016, a embaixada da Rússia no Reino Unido twittou uma imagem do jogo Command & Conquer, alegando se tratar de caminhões carregados com armas químicas em Aleppo. As imagens sequer são realistas, como você pode ver na reprodução abaixo:

Também não é a segunda vez, já que noticiamos, em novembro do ano passado, que imagens do jogo AC-130 Gunship Simulator foram usadas por agências russas no Twitter como "prova" de que os EUA estariam associados com o ISIS. Vai que cola, né?

    

Fonte: Gizmodo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.