Rússia lança drone não-tripulado que "foge" de radares

Rússia lança drone não-tripulado que "foge" de radares

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 17 de Dezembro de 2021 às 13h20
Divulgação/United Aircraft Corporation

O S-70 Okhotnik é um drone, ou VANT (veículo aéreo não-tripulado), que ganhou o apelido de Hunter (caçador, na tradução para português), e não foi à toa. Construído pela Sukhoi, fabricante que recentemente foi atração do Dubai Airshow com o jato de combate Chekmate, o drone foi construído com a principal característica de um caçador: ser furtivo e, assim, passar despercebido pela maioria dos radares.

Para isso, foram feitas modificações na fuselagem da aeronave furtiva, que tem 14 metros de comprimento, envergadura de 19 metros e peso aproximado de 20 toneladas.

“O lançamento do drone significa o fim da montagem do item como um todo e seu equipamento com todos os equipamentos de bordo necessários em conformidade com os requisitos para aeronaves e a transição para testes de solo abrangentes para se preparar para seu voo de estreia”, afirmou Alexey Krivoruchko, vice-ministro da Defesa, em nota publicada pela agência estatal TASS.

O planejamento da United Aircraft Corporation, dona da Sukhoi, é que o S-70, futuramente, realize voos conjuntos com aeronaves tripuladas, como o caça Sub-57 Felon. Também está sendo estudada uma nova versão do Hunter em que ele seria pilotado a partir de uma versão biposta do caça, mas essa variante com dois pilotos ainda não foi confirmada oficialmente.

Fonte: Aeromagazine

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.