Mas afinal, avião tem buzina? E marcha?

Mas afinal, avião tem buzina? E marcha?

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 29 de Setembro de 2021 às 11h45
Boeing

Os aviões são veículos de transporte que apaixonam e são cercados de curiosidades sobre seu funcionamento. Alguns, inclusive, podem parecer bem simples, mas são pertinentes e explicam bastante sobre como a aviação é um mercado cheio de detalhes e que cada um deles faz total diferença para trazer mais segurança aos passageiros e tripulação. Duas dessas curiosidades, aliás, traremos agora. Afinal, os aviões têm buzina? Eles têm marcha como os carros?

Sim, os aviões têm buzina

A resposta é simples. Sim, os aviões têm buzina. Na verdade, esse dispositivo que podemos apelidar de buzina nada mais é do que um sistema de alerta, sempre utilizado em terra, e que serve para avisar ou alertar a equipe mecânica sobre qualquer problema que esteja ocorrendo e que possa ser corrigido pelo pessoal de fora. A última palavra quando o avião está aterrado é do mecânico, então, é melhor ele prestar atenção se for "buzinado" pelo piloto.

Quando em terra, a "buzina" dos aviões é muito importante (Imagem: Reprodução/CreativeNature_nl/Envato)

Mas, diferente do nosso carro, que tem a buzina localizada no volante, o botão para acionamento desse dispositivo sonoro nas aeronaves fica ao lado de outros comandos no painel de controle do comandante. Ao apertar o botão, que geralmente tem a sigla "GND" ou "Ground", o avião vai emitir um som com frequência capaz de vencer a barulheira dos aeroportos e fingers. Esse aviso, aliás, sai de uma caixa de som de bom tamanho e potência, próxima aos trens de pouso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Não, os aviões não têm marcha

Já quando pensamos em marcha, a resposta é igualmente simples. Na verdade, os aviões possuem uma espécie de manete (chamada de manete de empuxo) que é quem dá o comando aos motores para aumentar ou diminuir a potência. Para andar de ré, porém, existem duas maneiras de uma aeronave fazer isso. Uma é com a ajuda de um trator de reboque e a outra é ativando o modo reverso das turbinas ou rotores, que são normalmente utilizados para auxiliar no pouso. 

(Imagem: Reprodução/twenty20photos/Envato)

As manetes de empuxo também contam com dispositivos de segurança para auxiliar piloto e copiloto em caso de emergência. É bom lembrar que cada um deles têm sua própria manete, mas ambas se movimentam ao mesmo tempo. 

Com informações: Flight ConsultoriaQuora, Journal of Wonder, Aviões e Músicas

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.