Não deu certo! YouTube está encerrando recurso de mensagens

Por Nathan Vieira | 21 de Agosto de 2019 às 09h51
Thomas Trutschel/Photothek via Getty Images

Trocar mensagens é o jeito mais rápido de entrar em contato com outra pessoa, seja pelo WhatsApp, pelas DMs do Twitter ou pelo Messenger do Facebook. Até mesmo o YouTube conta com seu próprio recurso de troca individual de mensagens. Entretanto, parece que a plataforma de vídeo quer se concentrar em melhorar a interação pública de seus usuários e por isso decidiu que vai encerrar essa funcionalidade na web e em seus apps para Android e iOS a partir do dia 18 de setembro.

Com o fim dessa funcionalidade, o YouTube deve se concentrar mais esforços nas seções de comentários, postagens e principalmente os Stories. Vale lembrar, inclusive, que a maior parte das atualizações nos últimos meses foi focada no YouTube Stories para oferecer uma experiência parecida com o Instagram e com o Snapchat. É uma função nova que está disponível para usuários com mais de 10 mil seguidores e começando a aparecer no feed principal da Página Inicial.

O recurso de "Mensagens" do YouTube permitia que os usuários conversassem individualmente ou em grupo (Foto: Divulgação/YouTube)

O recurso intitulado "Mensagens" foi introduzido no app móvel do YouTube em agosto de 2017. Depois, o recurso também foi disponibilizado na web, o que, inclusive, acabou sendo a última grande atualização da ferramenta em questão.

"Há dois anos, lançamos um recurso para compartilhar vídeos por meio de mensagens diretas no YouTube. Desde então, também nos concentramos em conversas públicas com atualizações de comentários e postagens. Estamos constantemente reavaliando nossas prioridades e decidimos descontinuar o recurso de mensagens diretas nativas do YouTube e nos concentrarmos em melhorar as conversas públicas", declarou a companhia em comunicado oficial nesta terça-feira (20).

Em contrapartida, acredita-se que a extinção do recurso "Mensagens" do YouTube não vai fazer muita falta entre os usuários, já que há várias outras maneiras de se comunicar diretamente e apenas uma pequena fatia usava o YouTube como principal meio para conversar assim.

Fonte: Google Support9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.