Publicidade

WhatsApp prepara integração com outros apps de mensagens

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 11 de Setembro de 2023 às 09h20

Link copiado!

Douglas Ciriaco/Canaltech
Douglas Ciriaco/Canaltech
Tudo sobre WhatsApp

O WhatsApp começou a desenvolver uma função para integrar chats de plataformas de terceiros dentro do próprio mensageiro. A medida seria uma forma de se adequar à Lei de Mercados Digitais (DMA) da União Europeia, aplicada sobre as principais plataformas e redes sociais usadas na região, e ao menos inicialmente deve ficar restrita aos países do bloco.

A alteração já estava prevista desde o ano passado, quando o Parlamento Europeu determinou que os gatekeepers com serviços de mensagens, como WhatsApp, Facebook Messenger e iMessage, deveriam “oferecer suporte e interoperar com chats de plataformas menores, se [os apps menores] assim solicitarem”.

Segundo a União Europeia, os gatekeepers são empresas com faturamento anual de pelo menos 75 bilhões de euros (cerca de R$ 400 bilhões em conversão direta na cotação atual) e com algum aplicativo ou plataforma social com mais de 45 milhões de usuários mensais na região. É o caso da Meta, detentora de Facebook, Instagram e WhatsApp.

Continua após a publicidade

Integração com terceiros

De acordo com o WABetaInfo, a tela para adicionar chats de terceiros foi encontrada na versão 2.23.19.8 do Beta do WhatsApp para Android, mas ainda está em desenvolvimento. Não é possível descobrir informações adicionais sobre a função, como o uso de criptografia de ponta a ponta nas conversas, quais plataformas seriam inclusas e se isso apareceria em outros países fora da União Europeia.

Teoricamente, o recurso permitiria que usuários de Signal e Telegram enviassem mensagem para alguém no WhatsApp, mesmo sem uma conta criada no mensageiro. A União Europeia considerou a Meta como gatekeeper no começo de setembro e a empresa tem até seis meses para se adaptar às regras impostas pela Lei de Mercados Digitais.

Continua após a publicidade

Fonte: WABetaInfo