WhatsApp beta para Android ganha função de mensagens que se autodestroem

Por Rubens Eishima | 31 de Março de 2020 às 08h56
Rubens Eishima/Canaltech
Tudo sobre

WhatsApp

Saiba tudo sobre WhatsApp

Ver mais

Recurso em desenvolvimento há algum tempo, as mensagens que se autodestroem ganharam novas opções na versão de desenvolvimento do WhatsApp. A revelação foi feita pelo site WABetaInfo e inclui um novo nome para a função: “Expiring Messages” (mensagens que expiram, em tradução direta). O novo beta inclui ainda pistas sobre o uso do app em mais de um aparelho com a mesma conta.

A funcionalidade já teve diversos nomes, como “mensagens revogáveis” e “mensagens que desaparecem”, mas a ideia é a mesma: configurar um prazo de validade para mensagens, que serão apagadas automaticamente no histórico de conversas dos envolvidos. O recurso é semelhante ao disponível em apps como Telegram, Viber, Signal e Facebook Messenger.

Na versão 2.20.110 do WhatsApp beta para Android, a novidade para o recurso é um indicador na foto de perfil do contato ou grupo. O mesmo ícone é mostrado ao abrir a conversa, para deixar claro que as mensagens se autodestruirão.

Ícone na foto de perfil indica o uso do recurso de mensagens que se auto-destroem (imagem: WABetaInfo/reprodução)

Múltiplos aparelhos

Outra novidade indicada na nova versão beta é o suporte ao uso em múltiplos aparelhos. A função permitirá usar a mesma conta do WhatsApp em mais de um dispositivo — um smartphone e tablet, por exemplo.

O recurso é citado na versão de desenvolvimento com uma nova notificação para a tela de conversa. A mensagem indica que "o código de segurança do chat foi alterado porque o contato acessou o app em múltiplos dispositivos". Vale lembrar que o código citado é o responsável por proteger (criptografar) as mensagens enviadas e recebidas.

Notificação dá pista sobre uso do app em mais de um aparelho (imagem: WABetaInfo/reprodução)

Os dois recursos citados ainda estão em desenvolvimento e não têm data para chegar à versão estável do aplicativo.

Fonte: WABetaInfo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.