Uber Moto será expandido para mais 20 cidades

Uber Moto será expandido para mais 20 cidades

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 10 de Maio de 2022 às 18h09
Reprodução/Uber

A Uber vai expandir a oferta das viagens do Uber Moto para mais locais em seis estados brasileiros: Alagoas, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará e Piauí. Motociclistas das 20 novas cidades acrescentadas ao serviço já podem se cadastrar para quando a modalidade for oficialmente lançada, previsto para as próximas semanas.

Segundo a empresa, a vantagem do Uber Moto são as viagens com um preço mais acessível que o UberX e a segurança do uso do app de transporte público mais famoso do mundo. O transporte pelos chamados mototáxis são bem populares em muitas regiões do Brasil, mas não oferece recursos como pagamento online, avaliação dos condutores ou acompanhamento do trajeto.

A Uber continua a expandir a oferta do serviço de mototáxis no Brasil (Imagem: Reprodução/Uber)

Essas são as 20 cidades contempladas e organizadas por ordem alfabética:

  • Abaetetuba (PA)
  • Altamira (PA)
  • Arapiraca (AL)
  • Bacabal (MA)
  • Bragança (PA)
  • Cametá (PA)
  • Castanhal (PA)
  • Caxias (MA)
  • Imperatriz (MA)
  • Itacoatiara (AM)
  • Itapipoca (CE)
  • Juazeiro do Norte (CE)
  • Manacapuru (AM)
  • Marabá (PA)
  • Parauapebas (PA)
  • Parintins (AM)
  • Parnaíba (PI)
  • Santarém (PA)
  • São Félix do Xingu (PA)
  • Sobral (CE)

Quem já utiliza a plataforma em outras categorias poderá indicar motociclistas para entrar na plataforma e ganhar até R$ 1.000 pelas indicações. Os motoristas devem fazer esse processo pelo Uber Driver, clicar no menu e selecionar a opção "Indicações".

Requisitos para entrar no Uber Moto

Os proprietários de motos precisarão ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da categoria correspondente com a observação de atividade remunerada. O cadastro pode ser realizado a partir de hoje e passará por revisão pela equipe da Uber, com checagem de antecedentes e da documentação.

A modalidade de transporte por motos foi lançada inicialmente na cidade de Aracaju, em novembro de 2020, e atualmente está disponível em mais de 100 municípios brasileiros. Os condutores têm acesso a conteúdos educacionais sobre segurança viária, direção segura e respeito às leis de trânsito.

Sobre os protocolos de saúde, a companhia explica que parceiros e usuários devem seguir a determinação das autoridades locais de saúde. Onde a máscara e o distanciamento for obrigatório, deve-se adotar tais medidas, além do uso de álcool em gel, capacete próprio e itens higienizados com produtos de limpeza ou toucas higiênicas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.