Uber Flash e Flash Moto passam exigir PIN para completar entregas

Uber Flash e Flash Moto passam exigir PIN para completar entregas

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 10 de Janeiro de 2022 às 13h45
Ivo/Canaltech

A partir desta segunda-feira (10), as entregas Uber Flash e Uber Flash Moto terão código PIN para confirmar a identidade do destinatário. A ferramenta chega para evitar enganos e roubos no instante da entrega e “trazer mais tecnologia” para o serviço, segundo a empresa.

Assim que o motorista chegar ao local de entrega, ele precisará pedir o PIN do cliente e preencher no app para finalizar a corrida. Se o código conferir, tanto a identidade do usuário é confirmada quanto a Uber garante que o pacote foi, de fato, entregue.

Confirmação de identidade via PIN será informada ao usuário no momento da solicitação de entrega (Imagem: Reprodução/Uber)

Ao solicitar uma entrega, o usuário será informado sobre a cobrança do código PIN para finalizar o serviço. Desta forma, o aplicativo evita que o consumidor se esqueça do celular para fazer a checagem.

Função ajuda a evitar roubos

Essa solução é interessante principalmente para evitar roubos de pacotes por destinatários falsos ou por motoristas mal-intencionados. Se o código não for preenchido da forma correta, a corrida não poderá ser finalizada e o cliente poderá comprovar que não recebeu o produto com mais facilidade.

As regras para o serviço continuam as mesmas: o Uber Flash pode transportar objetos de até 20 kg, enquanto o Flash Moto leva até 10 kg de itens de pequeno porte. Não é permitida a entrega de produtos com valor maior a R$ 500, tampouco o envio de conteúdo proibido por lei.

Para evitar problemas no aplicativo, é bom checar se ele está na última versão disponível para download. Para conferir, verifique se há downloads pendentes na Play Store ou na App Store.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.