Uber Flash: conheça a nova modalidade que funciona como "correio rápido"

Por Alberto Rocha | 10 de Maio de 2020 às 19h00
Reuters
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

A Uber tem encontrado nesse período de isolamento social uma oportunidade de expandir seus serviços e reduzir o prejuízo causado pela diminuição das corridas, além, é claro, ajudar no combate à COVID-19. Após adotar várias medidas preventivas aos seus colaboradores e lançar a modalidade Direct, focada na entrega de lojas como farmácias e petshops, a empresa de transportes acaba de lançar um novo serviço chamado Uber Flash.

O novo serviço se assemelha com o Connect, que já funciona em países como Austrália, Estados Unidos e México e, ao que tudo indica, foi rebatizado aqui no Brasil como Flash, uma vez que as características são as mesmas, funcionando como um serviço de correio rápido entre dois usuários. Em outras palavras, como a função de um motoboy, concorrendo com o Loggi e Rappi.

É possível enviar itens pessoais de pequenos ou médio porte com valor máximo de R$500 e de no máximo 10kg. Ou seja, que caiba dentro do porta-malas de um UberX. A companhia não se responsabiliza em caso de extravio ou danos ao item e de início só está disponível em Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador no horário de 6h às 23h.

Como solicitar o UberFlash?

Ao abrir o aplicativo da Uber basta inserir o local da entrega como se fosse uma corrida tradicional e logo será exibida a modalidade, com o ícone de uma caixa de entrega. Após a confirmação, é fundamental informar o nome do destinatário no chat com o motorista e compartilhar, se possível, a viagem com a pessoa que receberá o seu envio.

No UberFlash você pode solicitar viagens e enviar itens pessoais sem sair de casa (Imagem: Redação Canaltech)

A viagem deve ser paga pelo usuário que solicitar o envio, apenas com meios de pagamento digitais (cartões, créditos Uber). Nos testes feitos aqui pelo Canaltech o serviço apareceu com o mesmo valor do UberX e não há a opção de agendamentos.

Fonte: Uber  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.