Tinder usa Foursquare para sugerir matches próximos de você

Por Natalie Rosa | 24 de Maio de 2018 às 11h38

Em uma missão de fazer com que seus usuários consigam mais matches, o Tinder agora vai rastrear a sua localização para aprimorar suas sugestões. Com a novidade e a ajuda do Foursquare, quem usa o app de paqueras poderá encontrar pessoas que cruzaram seu caminho, literalmente, durante o dia.

O Tinder Places agora está liberado em beta público nas cidades de Sydney e Brisbane, na Austrália, e em Santiago, no Chile. O objetivo desses testes é coletar o feedback dos usuários antes que o lançamento aconteça no mundo todo.

Segundo o aplicativo, a ideia foi criada com a missão de unir pessoas que realmente poderiam se encontrar na vida real. Samantha Stevens, diretora de produtos de localização do Tinder, acredita que em encontros com pessoas que você sabe que frequentam os mesmos lugares que você a conversa assume um tom diferente de outros tipos de encontro.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Os lugares que você vai dizem muito sobre quem você é como indivíduo, o que você valoriza, seus hobbies, seus interesses. Então, ser capaz de combinar com alguém do Tinder que compartilha essas mesmas coisas com você, acreditamos que cria uma partida mais genuína e uma conversa melhor", explica a executiva.

Sobre preocupações com a segurança, pois nem todos os usuários podem querer serem vistos por pessoas da sua região, Stevens conta que o Google Places conta com recursos de limitação de localidade. "Como uma mulher que projetou esse recurso, eu pessoalmente me certifiquei de que me sentiria segura em usá-lo", diz.

O aplicativo garante que locais como residências e escritórios em prédios comerciais, bancos, consultórios, entre outros lugares pessoais, não serão registrados como relevantes para as sugestões. Ainda segundo o Tinder, as visitas não são registradas em tempo real, levando ao menos 30 minutos para aparecerem no aplicativo.

Os usuários que fazem parte do Foursquare também receberão uma notificação de quando um novo local é adicionado, optando por desativá-lo quando não desejar que ele seja exibido no momento. Ainda existe a opção de optar para que um local não seja exibido novamente.

A companhia garante que os dados coletados não são vendidos para anúncios. O Tinder ainda não tem uma previsão de quando a funcionalidade vai estar disponível em outros países.

Fonte: Tech Crunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.