TikTok cresce durante a pandemia e chega a 2 bilhões de downloads

Por Claudio Yuge | 29 de Abril de 2020 às 19h15
TikTok
Tudo sobre

TikTok

Saiba tudo sobre TikTok

Ver mais

Com a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) as pessoas têm passado mais tempo na frente das telinhas dos smartphones e redes sociais com vídeos, como o TikTok, têm feito mais sucesso ainda. A plataforma chinesa, que já vinha se tornando um grande hit em todo o mundo na virada do ano, chegou agora aos 2 bilhões de downloads em todo o mundo, de acordo com a firma de consultoria Sensor Tower.

Para mostrar como o confinamento fez bem ao app, basta dar uma olhadinha no gráfico abaixo. No último trimestre de 2019, o TikTok foi baixado 199,4 milhões de vezes. Já nos três primeiros meses deste ano, quando a COVID-19 avançou globalmente e obrigou as pessoas a passarem mais tempo em casa, o software teve a impressionante marca de 315 milhões de downloads, nos resultados combinados da App Store e da Google Play — e vale destacar que esses números não levam em consideração as lojas virtuais de terceiros na China, então, devem ser ainda maiores. E esse montante não representa os usuários ativos, contudo, não deixa de ser um grande feito.

Reprodução/Sensor Tower

A Índia tem sido o epicentro das instalações do TikTok, gerando 611 milhões de downloads até o momento, ou 30,3% do total. A China fica em segundo lugar, com 196,6 milhões, ou 9,7% de todos os downloads — sem contar os que vieram das lojas Android de terceiros no país. Os Estados Unidos estão em terceiro lugar, com 165 milhões, ou 8,2%. A maior fonte de origem desses downloads é a Google Play, que concentra mais de 1,5 bilhão de instalações, ou 75,5% do total. A App Store gerou 495,2 milhões de downloads, ou 24,5%.

Enquanto isso, outros apps semelhantes também vêm tendo sucesso durante a pandemia. O Snapchat aumentou sua base de usuários diários para 11 milhões de pessoas neste trimestre, segundo seus próprios relatórios, e seu concorrente Marco Polo também registrou alta, com um aumento de 745% nas inscrições apenas na última semana de março.

Fonte: Sensor Tower  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.