Slack compra Stride e HipChat com planos para competir com a Microsoft

Por Eduardo Hayashi | 27 de Julho de 2018 às 13h32
Merita
Tudo sobre

Slack

A Atlassian, gigante companhia de software australiana, anunciou nesta sexta-feira (27) a venda das propriedades intelectuais dos programas Stride e HipChat para a companhia responsável pelo Slack, startup atualmente avaliada em US$ 5 bilhões.

O fechamento das negociações representa a retirada da Atlassian, após 6 anos de atividade, do mercado de ferramentas de chat direcionado a empresas, que tinha como principais rivais as soluções Microsoft Teams e até o mesmo o próprio Slack. Com isso, a companhia confirmou que tanto o HipChat  quanto o Stride serão descontinuados em 2019.

Conforme os termos do acordo, a Atlassian confirmou que realizará um "pequeno e simbólico investimento no Slack", conforme informou Stewart Butterfield, CEO da Slack, em publicação recente no Twitter.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, a Atlassian também fornecerá a integração de algumas ferramentas de sua propriedade para o Slack, a exemplo do Jira, programa de rastreamento de erros, que já foi integrado ao software de chat corporativo, em uma parceria que estaria supostamente visando uma concorrência direta com a Microsoft.

"Essa parceria mais profunda exemplifica nossa crença compartilhada de que o mundo dos softwares corporativos está migrando para um modelo no qual as pessoas estão construindo sua própria tecnologia com ferramentas altamente especializadas e interoperáveis ​​que melhor atendam às suas necessidades", explicou April Underwood, diretor de produto da Slack.

A Microsoft Teams, plataforma de comunicação corporativa presente em todas ferramentas do pacote Office 365, vem se mostrando uma solução cada vez mais rentável e interessante para a gigante de Redmond. O serviço já conta com uma base significativa de usuários e recebeu recentemente uma versão gratuita para atrair mais pessoas ao serviço.

Fonte: BusinessInsider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.