Novidade do Google Docs ajuda você a escrever textos melhores

Novidade do Google Docs ajuda você a escrever textos melhores

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 01 de Abril de 2022 às 11h33
Montagem: Caio Carvalho/Canaltech

O Google Docs ajudará os usuários a escrevem melhor, anunciou o Google nesta quinta-feira (31). Numa pegada semelhante à da extensão Grammarly, o editor de texto da empresa dará sugestões de como construir frases de forma mais concisa, direta e ativa para contornar hábitos de escrita viciosos ou textos desnecessariamente difíceis de ler.

Durante a redação, ao finalizar uma frase, o Google demarcará quais trechos podem ser alterados para refinar o texto. Para conferir, é só clicar sobre a fração em si para ver as alternativas de construção e, se interessar, optar por uma delas.

As sugestões de construção podem ser desabilitadas no menu "Ferramentas" (Imagem: Reprodução/Google)

Se as recomendações automáticas não forem interessantes, também é possível desativá-las no Google Docs. As configurações do recurso estarão localizadas na aba “Ferramentas”, em “Sugestões de estilo”. No submenu, o usuário poderá definir exatamente quais sugestões devem ser feitas, incluindo dicas de vocabulário, inclusão, concisão e sugestões de voz.

As recomendações de vocabulário, além de tornarem a escrita menos repetitiva ou engessada, também informarão quando um termo pode soar mal ou ofensivo para leitores. As recomendações aparecerão sublinhadas no corpo do texto exatamente como as demais sugestões.

Serão boas sugestões?

Não se sabe, por enquanto, o quão úteis serão as sugestões de estilo do Google — tampouco se elas estarão disponíveis para outros idiomas além do inglês. Contudo, ao menos inicialmente, a ferramenta será distribuída somente para planos pagos do Google Workspace.

As melhorias de construção, pelo Google batizadas de "Tone and Style", estarão disponíveis para os planos Business Standard, Business Plus, Enterprise Standard, Enterprise Plus e Education Plus. Já as recomendações de vocabulário (aqui chamadas de "Word Warnings") estarão disponíveis para contas Business Standard, Business Plus, Enterprise Standard, Enterprise Plus, Education Fundamentals, Education Standard, Education Plus, Teaching e Learning Up.

A distribuição da ferramenta começará no dia 31 de março, mas deve levar algumas semanas até alcançar todo mundo. Na versão de navegador, não é necessário fazer nada para receber a novidade, mas no aplicativo pode ser preciso baixar uma atualização.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.