Publicidade

Navegador Opera agora permite endereços da web apenas com emojis

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 14 de Fevereiro de 2022 às 15h36

Link copiado!

Reprodução/Opera
Reprodução/Opera
Tudo sobre Opera

A Opera anunciou que seus navegadores passarão a permitir a digitação de endereços da web criados com sequências de emojis. A partir desta segunda-feira (14), os programas da companhia passarão a ter suporte a sites com URLs escritas com as carinhas, em vez dos tradicionais "www.algumacoisa.com", por exemplo.

Essa integração é parte de uma parceria entre a Opera e a Yat, uma empresa que comercializa endereços de sites com sequências de emojis. A ideia é oferecer um novo nível de criatividade para a internet, afinal já são quase 30 anos de endereços tradicionais da World Wide Web.

Continua após a publicidade

Páginas do Yat são domínios exclusivos gerados somente quando alguém compra uma sequência de emojis única. Dessa forma, para entrar em um site criado na plataforma é preciso usar combinações de emojis como 🖐️+ 😴+😘.

O proprietário de um Yat pode criar uma NFT de sua string emoji — que confere a propriedade exclusiva — e deve entregar uma solução para possibilitar o recebimento de pagamentos eletrônicos. Segundo a empresa, músicos são a principal categoria a abraçar a proposta do Yats.

Sites em Yat

Os preços para compra dos domínios variam conforme a combinação usada e a popularidade dos emojis — os mais populares já foram comprados. Em algumas simulações feitas de forma experimental pelo Canaltech, os valores variaram bastante desde US$ 130 até US$ 380. Os preços são referentes à compra definitiva do domínio, portanto, uma vez adquirido, não é preciso renovar anualmente, como ocorre com as URLs tradicionais.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

O cofundador do Yat, Naveen Jain, disse que os domínios revolucionários permitem a personalização da identidade na Internet, o que deve oferecer aos criadores de conteúdo mais possibilidades de uso. O Yat foi lançado em 1º de fevereiro, portanto ainda é cedo para dizer se a moda vai pegar.

Com a integração do Opera, o usuário não precisará mais digitar o sufixo y.at e entrará nos sites cadastrados apenas com as carinhas. É um passo tímido ainda, já que a Opera domina uma fatia pequena do mercado, mas abre as portas para uma novidade bem-vinda em um ambiente tão limitado.

Fonte: Opera