Microsoft Edge terá serviço de VPN nativo e gratuito

Microsoft Edge terá serviço de VPN nativo e gratuito

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 28 de Abril de 2022 às 17h53
Rubens Eishima/Canaltech

Em mais um reforço, o Microsoft Edge anunciou a implementação de uma VPN nativa e gratuita, fornecida em colaboração com a Cloudflare. Chamado “Microsoft Edge Secure Network”, o recurso criptografa dados enviados e recebidos durante a navegação, prevenindo rastreamento online por criminosos ou provedores de internet.

O serviço ainda não está disponível, mas de acordo com a descrição fornecida pela MS, ele seria bem parecido com o Cloudflare 1.1.1.1: ao ser ativado, o Edge substitui a comunicação tradicional por rotas criptografadas, independentemente da proteção do protocolo de destino. Em essência, é quase como uma VPN, permitindo, inclusive, acessar conteúdo bloqueado no país de origem.

O Microsoft Edge Secure Network protege a comunicação do usuário com o site de destino com criptografia (Imagem: Reprodução/Microsoft)

“Ao criptografar seu tráfego da web diretamente do Microsoft Edge, ajudamos a impedir que seu provedor de serviços de internet colete seus dados de navegação, como detalhes sobre quais sites você visita”, explica a Microsoft na página de suporte.

Todo mês, usuários de contas Microsoft recebem 1 GB de banda para utilizar nessa VPN do Edge — portanto, é necessário fazer login para utilizar a ferramenta. Segundo a Microsoft, nem ela e nem a Cloudflare armazenam os dados de navegação durante o uso da ferramenta.

Cada usuário com conta Microsoft recebe até 1 GB de dados para uso na VPN nativa (Imagem: Reprodução/Microsoft)

É uma adição grande, então a Microsoft dedicou uma página de suporte inteira para explicar como ativá-la no navegador. Por enquanto, porém, nem mesmo testadores do Edge Dev ou Edge Canary podem acessar o serviço, já que ele sequer foi implementado.

Um navegador recheado

Embora o Microsoft Edge esteja com má fama de ser abarrotado de adições desnecessárias, uma VPN integrada não é um extra inédito no segmento. O Opera, por exemplo, já oferece uma ferramenta parecida há algum tempo (também de forma gratuita) e a Mozilla, dona do Firefox, também inaugurou um serviço próprio do gênero.

Não há previsão para o lançamento do Microsoft Edge Secure Network, mas é fato que testadores poderão experimentá-lo primeiro. Quando isso acontecer, provavelmente a distribuição acontecerá por atualização.

Fonte: Microsoft, XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.