Google Maps deve ganhar recurso que facilita planejamento financeiro de viagens

Google Maps deve ganhar recurso que facilita planejamento financeiro de viagens

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Agosto de 2021 às 12h58
Divulgação/Google

Em breve, o Google Maps pode ser capaz de mostrar o valor de pedágios presentes em uma rota escolhida por você. A plataforma de mapas da gigante atualmente exibe que há cobranças no caminho, mas ainda não consegue precisar quanto o usuário terá que desembolsar para passar entre as concessões.

A informação partiu de um membro do programa de acesso antecipado da ferramenta do Google, que respondeu a um questionário cujo foco era consultar usuários sobre a melhor forma de implementar a identificação e exibição de valores de pedágios.

Hoje, o Google Maps consegue indicar onde são os pontos de cobrança em uma rodovia, mas sem dar detalhes sobre o preço da passagem (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

De acordo com o formulário, o Google Maps conseguiria exibir preços de pedágios individualmente, mas também o total da viagem, antes de o percurso ser selecionado. Assim, o usuário poderia escolher rotas de forma mais inteligente, evitando cobranças desnecessárias, ou saberia exatamente o que ter na carteira para passar chegar ao destino.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por enquanto, nem mesmo usuários do programa de testes têm acesso às novidades na exibição de pedágios, então a função está em estágio bem preliminar. Na prática, a função ficará bem parecida com o que há no Waze (serviço que pertence ao Google desde 2013).

Não existe nenhuma previsão da chegada da função para o público geral, então resta apenas aguardar por enquanto. É bem provável que o Google anuncie o lançamento da ferramenta quando ela for liberada e, já que depende de informações locais, a implementação pode ser gradativa.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.