Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google bloqueou 2 milhões de apps maliciosos da Play Store em 2023

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 30 de Abril de 2024 às 10h40

Link copiado!

Victoria_Watercolor/Pixabay
Victoria_Watercolor/Pixabay
Tudo sobre Google

O Google revelou, em uma publicação no blog da companhia, que impediu que 2,28 milhões de aplicativos chegassem à Play Store em 2023 por violar políticas da comunidade. Além disso, 333 mil contas mal-intencionadas foram identificadas e banidas da plataforma por apresentarem malwares ou violações recorrentes.

A empresa também rejeitou ou corrigiu 200 mil envios de aplicativos nesse período por uso indevido de permissões confidenciais, como acesso por SMS e localização em segundo plano.

Segurança na Play Store

Continua após a publicidade

Os números foram divulgados, nessa segunda-feira (29), pelo Google em uma publicação sobre os esforços da companhia em manter a segurança da Play Store.

De acordo com a companhia, o trabalho de remoção e banimento de apps e contas mal-intencionadas exige uma atualização constante das ferramentas de controle e vigilância diante de um cenário de ameaças que está sempre em evolução.

“Fizemos melhorias recentes e introduzimos novas medidas para continuar a manter os usuários do Google Play seguros, com investimento em novos recursos de segurança, atualização das políticas da comunidade e processos avançados de aprendizado de máquina e revisão de aplicativos”, informa a Big Tech.

A empresa tem quatro princípios básicos que orientam o trabalho de segurança na Play Store, seja para o público final ou desenvolvedores. Esses princípios estão reunidos no acrônimo em inglês “SAFE”’, que define:

  • Salvaguardar os usuários;
  • Advogar pela proteção dos desenvolvedores;
  • Fomentar a inovação responsável;
  • Evoluir os mecanismos de defesa da plataforma.

Na atualização das políticas da Play Store, o Google informou que estabeleceu mais requisitos e testes para novos desenvolvedores antes de publicar suas soluções na loja de apps. Além disso, aplicativos que permitem a criação de contas agora precisam fornecer uma opção para excluir dados.

Segurança fora da Play Store

Continua após a publicidade

Além dos mecanismos de proteção na Play Store, o Google revelou que aumentou a segurança para as pessoas que instalam aplicativos fora da loja. A companhia ampliou os recursos de segurança da Google Play Protect com verificação em tempo real ao nível de código para combater apps maliciosos.

“Nossas proteções de segurança e algoritmos de aprendizado de máquina aprendem com cada aplicativo enviado ao Google para análise e verificamos milhares de sinais e comparamos o comportamento do aplicativo. Esse novo recurso já detectou mais de 5 milhões de novos aplicativos maliciosos fora da Play Store”, contou a empresa.

Para saber mais sobre a segurança da Play Store, veja por que ainda tem vírus na loja de aplicativos.