Google testa ferramenta para detectar (e evitar) bisbilhoteiros de notebook

Google testa ferramenta para detectar (e evitar) bisbilhoteiros de notebook

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 25 de Novembro de 2021 às 16h40
Ivo/Canaltech

O Chromebook poderá proteger os usuários de bisbilhoteiros com um novo recurso de detecção de presença, descobriu o site 9to5Google. Uma função descoberta no navegador Chrome mostrou que os notebooks com sistema do Google poderão dedurar se outras pessoas dão uma “olhadinha” para o conteúdo do computador por cima dos ombros de quem o utiliza.

A primeira pista de que o Google trabalhava neste sistema apareceu em setembro deste ano, quando o site encontrou indícios do desenvolvimento da ferramenta. O recurso na época era visto como uma preparação para reconhecimento facial embutido (nos moldes do Windows Hello).

Reconhecimento facial para desbloqueio de tela é uma das funcionalidades mais pedidas por usuários do Chrome OS (Imagem: Ivo/Canaltech)

Essa possibilidade não foi totalmente descartada, porém uma adição recente no chrome://flags chamada “Enable snooping detection” (“Ativar detecção de bisbilhoteiros”, em tradução livre) mostra que ela também evitará olhares indesejados de pessoas estranhas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“Ative a proteção contra bisbilhoteiros para notificá-lo sempre que houver um 'enxerido' olhando por cima do seu ombro. A função pode ser ativada e desativada na seção Smart Privacy nas configurações do seu dispositivo”, descreve o recurso experimental do Chrome.

Proteção automática

Quando ativada, a detecção de bisbilhoteiros poderia esmaecer a tela para níveis bem baixos e evitar atenção indevida ou exibir um simples ícone no canto da tela, informando que há olhares indesejados voltados para o monitor. Essa ferramenta, segundo uma investigação do site, funcionaria de forma totalmente local para proteger a privacidade dos usuários.

Embora esteja disponível como recurso experimental do Chrome, dificilmente essa ferramenta seria adicionada aos Chromebooks atuais. A ferramenta depende da presença do Human Presence Sensor, um detector de presença humana embutido na câmera e que só deve ser integrado em futuros modelos de notebooks.

Não existe previsão para o lançamento do sensor de presença, tampouco do recurso de proteção contra olhares indevidos. Contudo, considerando que o desenvolvimento da novidade continua em andamento, qualquer anúncio só deve acontecer em 2022.

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.