Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Chrome começa a desligar cookies de terceiros em 4 de janeiro

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 14 de Dezembro de 2023 às 16h16

Link copiado!

Douglas Ciriaco/Canaltech
Douglas Ciriaco/Canaltech

O Google anunciou, nesta quinta-feira (14), uma nova fase no processo gradual de desligamento dos cookies de terceiros na navegação pelo Chrome com o início do teste da "Proteção antirrastreamento" com uma parcela do público a partir de janeiro. Segundo a companhia, 1% das pessoas que utilizam o navegador em todo o mundo serão selecionadas aleatoriamente para participar do teste e gerar dados sobre a nova ferramenta.

O teste terá início no dia 4 de janeiro de 2024 e representa o passo inicial para desligar gradualmente os cookies de terceiros — o objetivo é impactar todas as pessoas a partir do segundo semestre de 2024.

Privacy Sandbox

Continua após a publicidade

O desligamento dos cookies faz parte da iniciativa Privacy Sandbox do Google, que visa diminuir a coleta de dados pessoais durante a navegação e ao mesmo tempo preservar os modelos de negócios que têm os anúncios personalizados como fonte de renda.

Atualmente, os sites utilizam os cookies de terceiros para rastrear a atividade online dos usuários e construir perfis com base em seus interesses, preferências e informações pessoais. Esses dados são utilizados pelas companhias para veicular anúncios personalizados e apresentar conteúdos relevantes durante a navegação na web.

A proposta do Privacy Sandbox é criar um conjunto de perfis com interesses semelhantes e ocultar os dados individuais desses grupos. Assim, os sites não vão mais poder rastrear cada pessoa individualmente, mas conseguirão manter a veiculação de anúncios personalizados e conteúdos relevantes.

Continua após a publicidade

Para realizar esse objetivo, o Google construiu ferramentas novas para os sites, que atendem aos principais casos de uso, e ofereceu tempo para que os desenvolvedores realizassem a transição.

"Essas tecnologias estão sendo desenvolvidas baseadas em uma série de conceitos, métodos e técnicas de privacidade de mercado como privacidade diferencial (sistema para compartilhar informações sobre um conjunto de dados para revelar padrões de comportamento, sem revelar informações privadas sobre indivíduos) e On Device Processing, ou seja, a computação é realizada em um dispositivo local (celular, por exemplo, ou computador) sem comunicação com servidores externos", explica a Head de Privacidade e Parcerias de Chrome, Carolina Medina, no blog oficial da companhia.

Como será o teste

No teste com a nova "Proteção antirrastreamento" do Privacy Sandbox, as pessoas selecionadas vão receber um aviso "Navegue com mais privacidade" ao abrir o Google Chrome pelo computador ou app para Android.

Continua após a publicidade

Os participantes terão a opção de reabilitar temporariamente os cookies de terceiros caso uma página apresente erros ou fique inacessível. Nesse caso, uma janela será apresentada pelo próprio navegador para reativar os cookies ao notar, por exemplo, tentativas sucessivas de recarregar o site.

O teste será de extrema importância para os modelos de negócio na web terem uma melhor compreensão sobre como o Privacy Sandbox pode impactar suas receitas com anúncios e obtenção de dados sobre seu público. O início do teste em 4 de janeiro dá também tempo de adaptação e análise para os sites até a virada de chave prevista para o segundo semestre de 2024.