Armazenamento gratuito ilimitado do Google Fotos exclui alguns formatos de vídeo

Por Ares Saturno | 11 de Dezembro de 2018 às 21h10
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Google Fotos surgiu em 2015 com a proposta de oferecer aos seus clientes um serviço gratuito e ilimitado de armazenamento de vídeos e imagens na nuvem, e logo se tornou um dos apps queridos por quem não tem muito espaço livre no smartphone e está disposto a ter seus arquivos comprimidos para guardá-los com segurança.

Entretanto, desde a última quinta-feira (6), o Google Fotos excluiu alguns formatos de vídeo de sua oferta de armazenamento ilimitado de conteúdos. A mudança não foi anunciada em nenhum lugar se não o site de suporte do Google, onde um discreto aviso foi publicado. Após a mudança, todos que fizerem uploads de vídeos nos formatos listados estarão utilizando o espaço de armazenamento do Google Drive.

A lista completa de formatos aceitos no armazenamento ilimitado do Google Fotos segue abaixo:

  • .mpg;
  • .mod;
  • .mmv;
  • .tod;
  • .wmv;
  • .asf;
  • .avi;
  • .divx;
  • .mov;
  • .m4v;
  • .3gp;
  • .3g2;
  • .mp4;
  • .m2t;
  • .m2ts;
  • .mts; e
  • .mkv.

Assim, a maioria dos vídeos produzidos por smartphones atuais ainda encontra suporte ilimitado no Google Fotos, com exceção de poucos arquivos em formatos como .vob ou .raw, que são menos comuns. Para esses, o armazenamento será descontado do espaço disponível no Google Drive.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.