App brasileiro permite montar equipes para prática de esportes nas redondezas

Por Rubens Eishima | 20 de Novembro de 2020 às 14h00
Reprodução/Goat Me

Atravessar a cidade só para treinar seu esporte favorito não parece muito prático ou eficiente. Para ajudar a solucionar isso, uma plataforma desenvolvida no Brasil promete dar match com praticantes da mesma modalidade, para formar equipes ou ajudar a combinar treinos e locação de espaços.

A Goat Me oferece acesso gratuito para os atletas, mas requer um contrato para donos dos estabelecimentos como quadras e espaços esportivos. A proposta da empresa é gerar demanda para os negócios, oferecendo desde campos de futebol até locais para a prática de esportes menos populares — tênis, bocha, kart, badminton etc.

O nome exótico, que em tradução direta do inglês é algo como “me cabra” se explica, segundo os responsáveis, por ser uma sigla do termo em inglês “greatest of all times” (o maior de todos os tempos). A brincadeira com o nome do animal foi incorporada no logotipo da empresa, que mostra o bicho no topo de um pódio.

Inclusão

Piadas à parte, o aplicativo promete ser simples, intuitivo e variado, oferecendo não apenas diferentes modalidades, como também acomodando opções para o público PCD e incluindo soluções para formação de equipes independentemente do gênero ou orientação sexual.

“Queremos oferecer uma experiência àqueles que inúmeras vezes já tiveram o seu espaço negado na prática esportiva”, explica o fundador e CEO da plataforma Paulo Manolio.

Esporte amador?

Além de ajudar praticantes de esportes a encontrarem parceiros de treino, o Goat Me oferece ainda opções para encontrar especialistas em modalidades, além de registrar estatísticas que podem ser comparadas com a de adversários.

Para os estabelecimentos, a plataforma oferece recursos para controle de agendamentos, venda de pacotes e até controle financeiro. O cadastro das empresas interessadas pode ser feito no site do serviço. Já para os atletas é preciso criar um perfil para uso do aplicativo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.