5 aplicativos parecidos com Duolingo para aprender outro idioma

5 aplicativos parecidos com Duolingo para aprender outro idioma

Por André Lourenti Magalhães | Editado por Bruno Salutes | 16 de Julho de 2021 às 18h40
André Magalhães/Canaltech

O Duolingo é um dos aplicativos mais populares para o ensino de novos idiomas nos celulares. Um dos motivos que explicam esse sucesso é o estilo do aprendizado: as práticas são rápidas, feitas de 10 a 15 minutos por dia, há um sistema de pontuação por acertos e estímulos para manter uma sequência ativa de uso diário.

Muitos outros apps também aproveitaram modelos similares para o aprendizado de idiomas. São plataformas com planejamento de metas e sessões curtas por dia, com objetivos personalizados por cada usuário, como o uso em viagens ou a prática para carreira profissional. Veja, a seguir, cinco aplicativos de idiomas parecidos com o Duolingo.

1. Falou

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: instalação gratuita com opção de assinatura paga (R$ 182,90 por ano)

O Falou utiliza uma técnica denominada Speak in 7, que promete trazer resultados iniciais do nível básico em até uma semana. Após o método, o aplicativo passa a trazer oferecer os cursos específicos para cada se aprofundar com o idioma. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Aplicativo possui reconhecimento de fala para ajudar em conversas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Os exercícios são muito direcionados para o aprendizado de palavras e o uso nas conversas. O aplicativo possui uma ferramenta de reconhecimento de voz e utiliza o microfone para obter as respostas e fazer a avaliação da fala de cada estudante. Além disso, possui uma área própria para conferir o vocabulário e divide o plano de atividades entre diálogos, escrita e desafios.

O aplicativo possui materiais para 18 idiomas diferentes. Através da assinatura premium, é possível liberar acesso ilimitado a todos os recursos e idiomas. Para novos assinantes, os primeiros sete dias são gratuitos.

2. Busuu

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: instalação gratuita com opção de assinatura paga (R$ 289,90 por ano)

O Busuu permite configurar sessões diárias com duração a partir de 5 minutos. Com 12 opções diferentes de idiomas, utiliza exercícios variados para o aprendizado, com opções para escrita e diálogos em situações específicas. Nas primeiras etapas do app, o usuário determina quais são os objetivos e recebe um prazo estimulado para concluir a meta com base no ritmo diário de práticas.

Busuu é um aplicativo indicado para aprender idiomas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

O app possui funcionalidades similares ao Duolingo, como uma área de ligas para comparar a sua pontuação nas atividades da semana com o desempenho da comunidade. Além disso, a plataforma possui uma seção para ajudar e procurar ajuda entre os usuários com relação aos idiomas.

O plano básico, disponibilizado gratuitamente, permite aprender apenas um idioma. Já a assinatura do Busuu Plus libera o acesso a todos os idiomas da plataforma, com opção de acesso offline aos exercícios e um revisor gerado por inteligência artificial.

3. Babbel

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: instalação gratuita com opção de assinatura paga (R$ 79,90 por 3 meses, R$ 129,90 por 6 meses ou R$ 219,90 por ano)

Com 14 idiomas disponíveis, o Babbel é uma das plataformas mais populares para o ensino de línguas estrangeiras. Entretanto, muitas aulas e conteúdos são limitados para as versões pagas do aplicativo, mantendo apenas os exercícios introdutórios para o acesso gratuito.

Plataforma disponibiliza lições de acordo com seu nível de aprendizado (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Os exercícios do Babbel são adaptados para diferentes contextos, como a preparação para uma viagem, aprendizado sobre cultura e tradições de um país ou situações profissionais. As atividades envolvem práticas de conversas e uso de vocabulário acompanhado por definições em áudio. As sessões diárias de prática podem ser configuradas para duração entre 5 a 60 minutos.

Além das áreas de exercícios, o Babbel possui outras seções para reforçar o aprendizado de cada idioma. Há um guia de vocabulários e uma ferramenta de revisão para seus exercícios realizados. Por fim, o aplicativo também possui uma aba de podcasts em diferentes idiomas.

4. Rosetta Stone

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: instalação gratuita com opção de assinatura paga (R$ 129,90 por 3 meses ou R$ 349,90 por um ano)

O Rosetta Stone é um método de aprendizagem de idiomas que surgiu em 1992 como um software disponibilizado em CD-ROM. Décadas depois, o sistema de aprendizado ainda é relevante e conquista novos usuários com o aplicativo para celulares.

Aplicativo destaca-se pela quantidade de idiomas (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Os exercícios envolvem associar sons, palavras, significados e imagens. São 24 idiomas disponibilizados para aprendizado, que distribui atividades em sessões diárias de 10 minutos por semana e informa qual a quantidade necessária de práticas para chegar às metas em dias e semanas.

A plataforma oferece diferentes modalidades de assinaturas com acesso completo às funções do app. O serviço para 3 meses fornece acesso ao aprendizado de apenas um idioma, enquanto as modalidades a partir de um ano garantem o acesso a todos os idiomas disponíveis.

5. Memrise

  • Compatibilidade: Android, iOS
  • Preço: instalação gratuita com opção de assinatura paga (R$ 34,90 por mês ou R$ 149,90 no primeiro ano)

O Memrise utiliza exercícios com cartões para reforçar o aprendizado. Com a presença de vídeos utilizando pessoas locais, o aplicativo é focado em ensinar o idioma de acordo com a maneira em que é falado em um país ou região, reforçando o uso para conversas. A ferramenta considera três habilidades principais: tradução básica, conhecer as situações em que os termos são usados e conversar de maneira compreensiva com outras pessoas.

Memrise usa vídeos com pessoas locais (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

A tela principal do app reforça qual é o seu progresso atual com a sequência de aulas e a quantidade de novas palavras aprendidas. Após cada exercício, é possível acessar ferramentas de revisão para conferir a pronúncia de termos, habilidades de escuta e outros aspectos.

No entanto, muitos níveis do ensino não são disponibilizados na versão gratuita. O Memrise Pro ofecere acesso ilimitado aos cursos, possibilidade de acesso offline e sincronização entre diferentes dispositivos.

Qual opção chamou sua atenção? Comente!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.