WhatsApp para iOS adotará modelo de cobrança anual ainda em 2013

Por Redação | 21 de Março de 2013 às 09h30
TUDO SOBRE

WhatsApp

O WhatsApp é o aplicativo queridinho dos usuários de praticamente todos os tipos de smartphones, principalmente por ser uma maneira mais barata e rápida de trocar mensagens com seus contatos. Porém, algumas mudanças em relação ao app estão vindo por aí. O CEO do WhatsApp, Jan Koum, disse ao TechCrunch que a empresa está planejando mudar a forma de funcionamento do app para aparelhos com sistema iOS.

Atualmente, os usuários de iPhone pagam US$ 0,99 (algo em torno de R$ 2) no momento em que baixam o aplicativo pela primeira vez, e depois podem fazer o download várias vezes, de maneira vitalícia, utilizando o mesmo AppleID sem nenhuma cobrança adicional. Com a mudança, usuários de iOS passariam a se enquadrar no mesmo tipo de serviço oferecido para as demais plataformas em que o WhatsApp atua.

A distribuição do aplicativo para usuários de Android, BlackBerry, Nokia e Windows Phone funciona da seguinte forma: o download inicial do WhatsApp é gratuito, mas depois de um ano de experiência é preciso renovar a assinatura do serviço mediante o pagamento de uma taxa de US$ 0,99. E assim será para os iPhoners. A intenção, com isso, é aumentar ainda mais a base de usuários do iOS, já que apps de download gratuito costumam chamar mais a atenção das pessoas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Nós estamos relaxados com as datas, mas definitivamente será este ano. Está no roteiro", disse Koum, explicando que a mudança no sistema de pagamento do serviço para aparelhos com sistema iOS deve acontecer ainda em 2013.

Mas é importante destacar que a nova regra - download gratuito e anuidade de US$ 0,99 - será aplicada apenas aos novos usuários do WhatsApp.

No cenário competitivo em que o mercado se encontra, o WhatsApp é atualmente um dos mais populares aplicativos de mensagens, com 17 bilhões de pequenos textos transmitidos diariamente e com mais de 100 milhões de usuários apenas na plataforma Android.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.