Google bloqueou a instalação de mais de 1,9 bi de malwares no Android em 2019

Por Rubens Eishima | 13 de Fevereiro de 2020 às 08h40
Google
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Um pouco atrasado na onda das retrospectivas, o blog do Google para desenvolvedores Android revelou que o recurso Google Play Protect impediu a instalação de mais de 1,9 bilhão de apps com malware no ano passado.

O Google Play Protect foi ativado na metade de 2017 e atua verificando mais de 100 bilhões de apps/instalações por dia. Diferente da curadoria feita na Play Store, o Protect funciona também em aplicativos instalados fora da loja, seja por arquivos de instalação (as APKs), seja em lojas de terceiros, o que já provocou uma queixa de prática abusiva pela loja Aptoide.

Outros dados apresentados pelo Google incluem uma queda de 98% no número de apps com acesso ao histórico de ligações e SMS. Segundo a empresa, os demais 2% são aplicativos que dependem desses dados para cumprir sua função.

Na loja de apps oficial do Android, o processo de curadoria impediu a liberação de mais de 790.000 aplicativos que violavam políticas da loja, além da remoção de dezenas de milhares de aplicativos com conteúdo impróprio para menores.

Mesmo com tantos números superlativos, a empresa reconhece que o esforço dos criadores de malware não para e que tem muito trabalho pela frente.

O relatório de segurança para 2019 pode ser conferido no blog do Google.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.