Concorrente da Play Store registra queixa antitruste contra a Google na Europa

Por Patrícia Gnipper | 14 de Julho de 2018 às 00h00

Ainda que a Google não recomende esta prática, no Android é possível baixar aplicativos de outras lojas que não sejam a Play Store oficial. Os usuários podem escolher usar outras lojas de aplicativos à sua escolha, cientes, contudo, que tais apps podem conter ameaças — afinal, não passaram pela curadoria da gigante e não são rotulados com o selo Play Protect.

Ainda assim, esta é uma vantagem do Android: permitir a instalação de apps além daqueles que constam na Play Store. Só que a Google vem endurecendo suas medidas contra aplicativos que possam ser considerados questionáveis e, com isso, acabou sinalizando uma loja concorrente — a Aptoide — como mal-intencionada.

Agora, a Aptoide está registrando uma queixa antitruste contra a Google na comissão europeia dedicada a este tipo de caso. Segundo a loja alternativa de apps, o Google Play Protect estaria notificando os usuários para que eles desinstalassem essa loja de apps de seus aparelhos, informando que o programa poderia oferecer apps nocivos. Para piorar a coisa, quem escolheu manter a Aptoide instalada viu que a loja não estaria mais funcionando, com esses usuários ficando impedidos de baixarem apps por lá.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Na visão da Aptoide, cuja sede fica em Portugal, a Google estaria se comportando de maneira anticompetitiva ao deliberadamente impedir que usuários de Android usem sua loja, uma vez que ela foi marcada como insegura.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.