Windows 11 também sofre com falha que assombrou o Windows 10

Windows 11 também sofre com falha que assombrou o Windows 10

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 15 de Outubro de 2021 às 15h20
Pixabay

Quem pensou que migrar para o Windows 11 acabaria com a dor de cabeça dos problemas com impressoras, pode tirar o cavalinho da chuva. Segundo o site MSPowerUser, a Microsoft já teria identificado três novos problemas relacionados ao chamado PrintNightmare, falhas causadas em impressoras ​​por problemas de compatibilidade entre o sistema operacional e o acessório.

Os erros tiraram o sono dos engenheiros de rede e administradores de empresas porque impedem o uso de impressoras em rede, mesmo após várias atualizações e pacotes de correção. Passados vários meses desde a primeira ocorrência, a Microsoft até agora não lançou uma solução oficial que acabe de vez com a falha — alguns usuários do Windows Server 2022 ou versões anteriores do Windows 10 conseguiram resolver com o Patch Tuesday de outubro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por meio do sistema de suporte ao usuário, os desenvolvedores do Windows já ofereceram soluções paliativas para contornar o problema, a depender do código do erro. Para consertar a falha CVE-2021-36958, por exemplo, é preciso desabilitar totalmente o sistema Print Spooler, o que vai impedir que sua máquina seja usada para iniciar a impressão de arquivos.

Como é construído sobre a mesma base estrutural do antecessor, o Win 11 também é vítima do PrintNightmare. Há relatos de dispositivos que não conseguem se conectar às impressoras na rede porque são incapazes de baixar e instalar os drivers exigidos, o que foi visto com mais frequência no acesso a servidores de impressão conectados via HTTP. Observou-se também que a instalação de impressoras usando o Internet Printing Protocol (IPP) falha em algumas circunstâncias.

Por enquanto, a solução mais óbvia é não usar uma conexão de rede e simplesmente transferir os arquivos para um pendrive ou enviar para um colega que tenha o dispositivo ligado diretamente à máquina. Em alguns casos, os admins da rede conseguem forçar a instalação, algo que não é o ideal, mas resolve o problema de forma paliativa — o problema é quando a empresa é grande demais e é preciso fazer isso individualmente.

O fato é que o Windows 11 tem outros problemas e bugs para serem resolvidos, algo natural em um sistema novo, mas que pode adiar ainda mais a solução para o temido PrintNightmare. Os gestores só resta buscar soluções por meio de gambiarras, ou quem sabe, aguardar pacientemente o movimento da Microsoft.

Fonte: MSPowerUser  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.