Nova build de testes do Windows traz interação com arquivos de Linux

Por Wagner Wakka | 21 de Fevereiro de 2019 às 10h43
(Imagem: Reprodução/Jon Friedman, via Medium)

A Microsoft lançou mais uma atualização beta do Windows 10 para usuários participantes do seu programa de acesso antecipado. Esse é o sétimo update lançado para o sistema operacional e traz novidades como compatibilidade com arquivos do Linux, mudanças para jogos e a nova extensão do Chrome para a timeline.

O pacote carrega novidades desde a build 18334 (de 9 de fevereiro deste ano) até a 18342. Isso quer dizer que a Microsoft deve lançar todas as novidades de uma vez só na atualização 19H1 para usuários finais, a ser lançado no primeiro semestre deste ano.

Com esta nova versão, o Windows passa a conseguir rodar arquivos WSL, geralmente usados em aparelhos com Linux. Esta é uma novidade interessante já que muitos desenvolvedores instalam dois sistemas operacionais em seus computadores exatamente por conta de problemas de compatibilidade. Tais arquivos podem ser encontrados pelo comando de navegação wsl$ ou mesmo usando apps do Windows, pelo Explorer.

Arquivos Linux podem passar a abrir no Windows 10 (Foto: Divulgação/Microsoft)

Esta sétima atualização também traz implementações para jogos. Na build de 9 de fevereiro, a Microsoft adicionou um convite para que usuários baixassem o game State of Decay com acesso a parte do jogo gratuitamente para poder dar um feedback para a companhia sobre bugs e problemas de instalação. Agora, tais ajustes foram feitos.

Dessa forma, usuários com games da Microsoft instalados no computador pela loja nativa do sistema operacional podem ter menos instabilidades, além de melhor desempenho com o sistema de controle parental ativado.

Esta atualização também começa a implementar a nova extensão da Microsoft que adiciona informações do Chorme à timeline do Windows 10. Chamada de Web Activities, ela vai permitir que o usuário tenha acesso às abas abertas no navegador pela ferramenta de timeline, bem como o histórico de navegação. As informações também podem ser sincronizadas com aparelhos Android que estejam com o Microsoft Launcher instalados.

A companhia ainda aponta uma vasta lista de bugs, mudanças e melhorias que fez no sistema operacional, desde mudanças de desempenho a problemas resolvidos. Para ver todas as novidades, basta ir ao site da Microsoft.

Vale lembrar que este é um programa voltado para usuários participantes do programa Insider, para testes e desenvolvimento. Dessa forma, não é recomendável que você instale esta versão em seu aparelho pessoal ou comercial. Ainda não há uma data final para o lançamento de versão pública do Window 10.

Fonte: Blog do Windows

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.