Microsoft testa mundanças no Windows para "modo tablet" em notebooks 2-em-1

Por Se Hyeon Oh | 29 de Agosto de 2019 às 22h00
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

A Microsoft costuma otimizar a interface do Windows de acordo com o tipo do dispositivo, e agora parece que a companhia está trabalhando para melhorar a experiência de uso de seu sistema operacional em laptops que também podem ser usados como tablets.

Para ser mais específico, o The Verge relata que verificou algumas mudanças nas interfaces de notebooks 2-em-1, de forma que, no “modo tablet” desses produtos, foi possível notar um espaçamento maior entre os aplicativos na barra de tarefas, bem como a execução de um teclado virtual em caso de clique no ícone de pesquisa.

Além disso, alguns recursos do sistema, como o gerenciador de arquivos, tiveram o seu layout otimizado para a utilização por toques na tela.

Exemplo das mudanças realizadas na interface de usuário do "modo tablet" em notebooks 2-em-1 (Imagem: The Verge)

Apesar de terem sido aplicadas algumas melhorias para interações por toque, o design, no geral, ficou muito mais alinhado com o Windows dedicado aos computadores tradicionais, divergindo do design dedicado aos dispositivos móveis. Mas, considerando que no momento o software se encontra na fase beta, é possível afirmar que a Microsoft planeja aplicar várias outras mudanças e/ou adições conforme for recebendo as opiniões de seus usuários inscritos no programa de testes.

O The Verge ainda ressalta que todas essas alterações são programadas para serem ativadas somente quando o usuário desconectar o teclado dos produtos 2-em-1, de forma que a própria companhia teria confirmado que o antigo “modo tablet” continuará presente no sistema operacional, mas tendo que ser executado manualmente.

Outro ponto importante a ser levado em consideração é que, assim como dito anteriormente, essas alterações foram aplicadas apenas ao “modo tablet” de notebooks 2-em-1. Assim, caso esteja usando, de fato, um tablet, não irá notar nenhuma diferença em seu uso.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.