Microsoft corrige falhas em ferramenta de atualização do Windows Server

Por Redação | 06.05.2016 às 10:27

O Windows Server Update Services, o principal recurso do Windows Server que permite profissionais de TI enviarem atualizações específicas para PCs dos usuários, foi atualizado pela Microsoft. O pacote KB3159706 disponibilizado para o Windows Server 2012 permitirá, agora, que o WSUS decodifique automaticamente os upgrades enviados pela Microsoft da mesma maneira que no Windows Update.

Além dessa correção, a Microsoft espera resolver alguns problemas que têm sido reportados por usuários de TI que utilizam o WSUS para enviar upgrades para PCs com Windows 10 através do Windows Server 2012 com o patch KB3148812. A empresa afirmou que as máquinas que trabalham com o WSUS não conseguem decifrar corretamente os arquivos de atualização, causando problemas quando eles são enviados para os usuários finais. Esse problema foi identificado pelos técnicos da companhia no dia 20 de abril, mas, na ocasião, eles descartaram qualquer problema ligado aos códigos do serviço.

"Até agora, temos descriptografado manualmente esses pacotes antes de liberá-los para o WSUS; o processo é um tanto demorado e propenso a erros", explicou o gerente para Windows Server, Steve Henry. "O KB3159706 introduz essa funcionalidade para o WSUS no Windows Server 2012/R2, de tal forma que agora ele pode descriptografar nativamente esse conteúdo". Henry disse, ainda, que caso a reparação não seja feita, a primeira grande atualização do Windows 10, conhecida como Anniversary Update, não poderá ser instalada nos PCs que dependem do WSUS.

Assim, os profissionais de TI que trabalham com o WSUS devem instalar as correções para conseguirem distribuir futuras atualizações que chegarão para o Windows 10. No caso do Windows Server 2016, a correção será implementada por padrão. A Microsoft sugere aos profissionais que trabalham com o WSUS que removam manualmente o patch KB3148812 antes de instalar as correções, ainda que a nova atualização prometa substituir automaticamente o patch pelas atualizações disponibilizadas pela empresa.

Fonte: Microsoft