Estas 10 dicas simples do Windows tornarão o seu dia a dia mais produtivo

Por Sérgio Oliveira

"Produtividade". Esta é a palavra-chave que persegue praticamente todos os profissionais da área de tecnologia da informação ou que trabalham diretamente com computadores. Nessa área, todo e qualquer clique a mais ou a menos conta tempo – e no mercado, tempo é dinheiro.

Pensando nisso, o Canaltech separou 10 dicas de recursos escondidos no Windows que poderão te ajudar a ganhar preciosos minutos em todas as suas tarefas diárias. Confira-as logo abaixo:

10. Abra programas rapidamente usando apenas o teclado

Quem nasceu e se criou na época dos antigos Windows 9x até hoje conserva a mania de abrir o menu Iniciar e lá procurar pelo programa que deseja executar. Não há nada de errado com a prática, mas o que antes era costume acabou sendo cortado pela Microsoft com o Windows 8, que não traz o tradicional menu.

Por este motivo, muitos usuários passaram a utilizar a barra de tarefas do sistema como se fosse uma espécie de menu Iniciar, povoando-a com os aplicativos mais usados no dia a dia. A alternativa é boa, mas ainda consome alguns preciosos minutos do nosso dia ao termos que tirar as mãos do teclado para pegar o mouse, direcionar o ponteiro para o programa e clicar nele.

Se você é uma dessas pessoas, saiba que existe uma forma mais rápida de abrir seus programas posicionados na barra de tarefas: basta pressionar a tecla Windows mais o número que corresponda à posição do programa na barra.

Na imagem abaixo, por exemplo, se quisermos abrir o Chrome, basta pressionar "Windows + 3" e o programa se abrirá.

Para abrir o Chrome, por exemplo, basta pressionar as teclas

Para abrir o Chrome, por exemplo, basta pressionar as teclas "Windows + 3" juntas. Para abrir o Photoshop, "Windows + 5" e assim por diante (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

9. Iniciar uma nova instância do programa rapidamente

Já está com o seu programa preferido aberto e quer abrir uma outra instância dele? Não tem problema!

Esta tarefa pode ser executada com tanta rapidez quanto a anterior e basta pressionar as teclas "Shift + Windows" e o número que corresponde à posição do programa na barra de tarefas. Voilà, uma nova janela do programa foi aberta.

Se achou o atalho do teclado complicado, você também pode fazer isso usando o mouse. Para este caso há duas alternativas: a primeira é clicar no ícone do programa enquanto se mantém a tecla Shift pressionada e a segunda é utilizar o botão do meio do mouse para abrir o programa.

8. Segredos do botão direito do mouse

Com muita frequência usamos o botão direito do mouse quando queremos acessar um menu ou copiar e colar um arquivo de uma pasta para outra. As capacidades do botão já são tão conhecidas que ninguém desconfia que ele pode fazer mais do que realmente faz.

É o caso, por exemplo, do truque de clicar com o botão direito com a tecla Shift do teclado pressionada. Ao fazer isso, as antigas opções do menu que aparece recebem novas companhias e algumas delas são bem interessantes.

Entre elas está a possibilidade de copiar o caminho de uma pasta diretamente para a área de transferência e até mesmo enviar um ou mais arquivos para uma infinidade de outras pastas sem a necessidade de ficar procurando por elas.

Clicar com o botão direito do mouse sobre arquivos e pastas enquanto se mantém a tecla Shift pressionada traz uma série de novas opções ao menu que se abre

Clicar com o botão direito do mouse sobre arquivos e pastas enquanto se mantém a tecla Shift pressionada traz uma série de novas opções ao menu que se abre (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

7. Adicione novas pastas ao menu "Enviar para"

Se suas pastas preferidas e mais utilizadas não aparecem no menu "Enviar para" nem mesmo com a dica anterior, então saiba que há uma maneira de fazê-las aparecer lá.

Em primeiro lugar, procure pelas pastas que você quer que apareça no menu, clique com o botão direito sobre elas e selecione a opção "Criar um atalho". Depois disso, recorte e cole este atalho na área de trabalho para facilitar o processo.

Após terminar a primeira etapa, abra o Windows Explorer, digite "shell:sendto" na barra de endereços e pressione a tecla Enter no teclado. A janela que surge guarda todas as pastas do menu "Enviar para".

Digitar

Digitar "shell:sendto" na barra de endereços do Windows Explorer leva o usuário até a pasta onde ficam armazenados os atalhos da opção "Enviar para" do Windows. Você pode personalizá-la e adicionar suas próprias pastas (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

Recorte e cole todos os atalhos que você levou para a área de trabalho nesta pasta e pronto, agora você tem suas pastas preferidas no menu "Enviar para" do botão direito do mouse.

6. Selecione vários arquivos sem ajuda do teclado

Muitos nerds de plantão se gabam de suas habilidades de manipular a interface do Windows (e de praticamente todo sistema operacional) utilizando apenas o teclado. Essa é uma tarefa difícil para o usuário comum, que sempre busca o apoio do mouse para executar ações como a de selecionar e manipular vários arquivos simultaneamente.

Essa dificuldade pode ser amenizada tanto no Windows 7 quanto no Windows 8 ao adicionar caixas de seleção logo acima dos ícones dos arquivos. No sistema mais antigo, basta digitar "Opções de pasta" no menu Iniciar, acessar a aba "Modo de Exibição" e em seguida marcar a opção "usar as caixas de seleção para selecionar itens".

No Windows 7 as caixas de seleção têm que ser habilitadas através das Opções de Pasta

No Windows 7 as caixas de seleção têm que ser habilitadas através das Opções de Pasta (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

No Windows 8 a opção pode ser ativada em qualquer janela de qualquer pasta. Basta selecionar a aba "Exibir" que fica na parte superior da janela e marcar a opção "Caixas de seleção de item". Pronto, agora você pode selecionar vários arquivos ao mesmo tempo sem precisar segura a tecla Shift do teclado.

No Windows 8 o processo é mais simples e as caixas de seleção podem ser ativadas na própria pasta no menu

No Windows 8 o processo é mais simples e as caixas de seleção podem ser ativadas na própria pasta no menu "Exibir" do Windows Explorer (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

5. Trabalhe em duas janelas ao mesmo tempo sem perder o foco

Esta dica já não é tão nova assim, mas pode ajudar aqueles que têm pouca intimidade com o Windows. Adicionado primeiramente ao Windows 7, o recurso de por duas janelas lado a lado de maneira rápida e fácil também está presente no Windows 8.

Para testá-lo, abra uma janela e a arraste para o canto direito ou esquerdo da tela do seu computador. Faça o mesmo processo arrastando outra janela para o lado oposto e o Windows redimensionará automaticamente ambas para que você possa trabalhar nelas ao mesmo tempo.

Quem curte manipular as coisas pelo teclado, a dica também é válida. Neste caso, basta pressionar o botão Windows + seta direita ou seta esquerda do teclado.

A possibilidade de posicionar duas janelas lado a lado automaticamente foi introduzida no Windows 7

A possibilidade de posicionar duas janelas lado a lado automaticamente foi introduzida no Windows 7 (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

Dica: experimente pressionar as setas para cima e para baixo para ver o que acontece.

4. Recursos poderosos de busca pouco explorados

Uma das mais badaladas características das últimas versões do Windows é a velocidade do sistema em executar buscas por pastas e arquivos. Contudo, ao contrário do que se pensa, esse recurso não está restrito à barra de buscas do menu Iniciar no Windows 7 ou ao "comece a digitar para buscar" do Windows 8.

O Windows Explorer possui um mecanismo de busca avançado que fica localizado na parte superior esquerda da janela e é bastante poderoso. Nele, é possível adicionar filtros interessantes, como datas, tipo de arquivo e outros para refinar os resultados e tornar a pesquisa mais granular.

A ferramenta de pesquisa do Windows possui outros recursos que podem refinar a busca e torná-la mais granular e eficiente que o normal

A ferramenta de pesquisa do Windows possui outros recursos que podem refinar a busca e torná-la mais granular e eficiente que o normal (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

A Microsoft até tem uma página inteira (em inglês) para explicar cada um dos filtros e ajudar qualquer um a se tornar um mestre das buscas no sistema.

3. Fixe arquivos importantes nas Listas de Atalhos

As Listas de Atalho são outro recurso interessante que foi adicionado no Windows 7 mas ainda são pouco exploradas. Ao clicar com o botão direito do mouse sobre um dos ícones da sua barra de tarefas você perceberá que é possível ver os últimos arquivos abertos naquele programa. Mas a coisa fica melhor do que isso.

Você pode afixar nesta mesma lista os arquivos mais importantes ou de projetos que você está atualmente trabalhando. Você pode fazer isso de duas formas: a primeira é clicando e arrastando o arquivo para a barra de tarefas e a segunda é clicando no pino que fica ao lado do nome do arquivo na lista de arquivos recentes.

Para fixar um arquivo na Lista de Atalhos de um programa basta clicar no ícone que fica ao lado do nome dele ou arrastar o arquivo para a barra de tarefas

Para fixar um arquivo na Lista de Atalhos de um programa basta clicar no ícone que fica ao lado do nome dele ou arrastar o arquivo para a barra de tarefas (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

Se você tomar gosto pela coisa e a lista de atalhos começar a ficar pequena demais, é possível aumentá-la clicando com o botão direito do mouse na barra de tarefas e acessando o menu "Propriedades". Lá, siga até a aba "Listas de Atalhos" e aumente o número máximo de itens que podem ser alocados lá.

Se a lista começar a ficar apertada, tente aumentar a quantidade de itens que podem ser visualizados na lista

Se a lista começar a ficar apertada, tente aumentar a quantidade de itens que podem ser visualizados nela (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

2. Adicione mais pastas à lista de Favoritos

Uma outra forma de acessar suas pastas mais rapidamente é adicioná-las à lista Favoritos que fica no canto superior esquerdo do Windows Explorer. Embora haja duas formas de executar esta tarefa, nenhuma delas nunca foi realmente explicada pela Microsoft.

A primeira é a mais simples de todas. Encontre a pasta que quer adicionar à lista e simplesmente clique e arraste-a para o topo da lista e pronto.

A segunda é um pouco mais complicada e menos trivial. Selecione o que deseja adicionar à lista e vá até a opção "Fácil acesso" na porção central da lista de opções da aba "Início" no topo da janela. Lá, escolha a opção "Adicionar a Favoritos" e pronto, dever cumprido.

Adicionar suas pastas mais usadas a lista de favoritos também é uma boa opção para agilizar o acesso a elas

Adicionar suas pastas mais usadas à lista de favoritos também é uma boa opção para agilizar o acesso a elas (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

1. Crie seus próprios atalhos

Se há uma coisa que recheia o Windows tanto quanto seus bugs, isso certamente é a enorme quantidade de atalhos do sistema. Apesar disso, nem sempre eles satisfazem nossa necessidade e é possível que criemos os nossos próprios.

É o caso, por exemplo, dos atalhos personalizados para abrir programas. Para tal, basta clicar com o botão direito sobre o ícone do programa, abrir a aba "Atalho" e definir quais teclas serão usadas para abrir aquele aplicativo.

Se você quer poupar ao máximo seu tempo e de quebra liberar espaço na área de trabalho ou barra de tarefas, talvez a criação de atalhos próprios para executar programas seja uma boa opção

Se você quer poupar ao máximo seu tempo e de quebra liberar espaço na área de trabalho ou barra de tarefas, talvez a criação de atalhos próprios para executar programas seja uma boa opção (Imagem: Screenshot/Sergio Oliveira)

Esta dica não só poupa tempo de quem não quer tirar suas mãos do teclado, como também permite despoluir a área de trabalho e a barra de tarefas do sistema, que podem ficar entulhadas com tantos atalhos de aplicações.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.