Como funciona o benchmark, ou Índice de Experiência do Windows?

Existem muitos excelentes programas no mercado para medir o desempenho da máquina levando em consideração processador, memória e placa de vídeo, mas você sabia que o Windows possui sua própria ferramenta de análise de performance?

Incluída em todas as versões do Windows 7, desde a Starter até a Ultimate, essa ferramenta foi desenvolvida para Microsoft para medir a capacidade da máquina de rodar o próprio sistema operacional e todos os seus efeitos de trasparência, assim como jogos fabricados pela própria empresa.

Vamor realizar um teste de exemplo para explicar o que essa numeração significa. Acesse o Menu Iniciar e clique em "Painel de Controle".

Menu iniciar do Windows

Entre as opções, clique em "Sistema" para ter acesso às informações básicas da máquina e ao teste do Windows.

Painel de controle do Windows

Na tela de informações do sistema temos os principais dados sobre a configuração do sistema, como modelo do processador, quantidade de memória instalada, dados do fabricante e versão do sistema operacional. Para realizar o benchmark clique em "Índice de Experiência do Windows" no canto inferior direito da tela.

Informações do sistema

Basta clicar em "Reexecutar a avaliação" e esperar os testes terminarem. O Windows mede o desempenho a partir da menor pontuação, de forma que o teste dá uma ideia do que o computador é capaz de executar com relativa facilidade e o que vai exigir muito processamento, além de quais upgrades o usuário pode fazer para aumentar a velocidade do processador.

Por exemplo, se o teste de elementos gráficos der um resultado menor do que 3.0 é melhor desabiltar os efeitos Aero para reservar processamento gráfico para as tarefas do PC, mas um upgrade na placa de vídeo pode resolver esse problema.

Benchmark do Windows

Fez o teste? Conte para nós qual é a pontuação alcançada pela sua máquina!

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.