100 comandos para você executar no Windows 10 que pouca gente conhece

Por Sérgio Oliveira
photo_camera Divulgação

Querendo ou não, o Windows é o sistema operacional mais popular do planeta. Prova disso são os mais de 200 milhões de usuários que já instalaram o novo Windows 10 desde que ele foi lançado em julho de 2015.

Talvez um dos grandes responsáveis por tamanha penetração no mercado seja a intuitividade e o apelo gráfico do software da Microsoft. Não é preciso ser nenhum expert em informática para usufruir até mesmo dos recursos mais avançados do SO de Redmond e isso facilita bastante a vida sobretudo dos leigos.

O apelo gráfico, no entanto, não significa que o Windows não tem lá seus comandos textuais para executar tarefas, controlar serviços ou até mesmo acessar áreas remotas que só é possível se chegar após algumas dezenas de cliques. Pensando nisso, elaboramos uma lista com 100 comandos que podem facilitar bastante a sua vida, principalmente se você é uma daquelas pessoas que gosta de explorar e utilizar ferramentas poderosas.

Todos os comandos abaixo devem ser executados a partir da janela "Executar", que pode ser aberta pressionando as teclas WIN + R no teclado, ou do Prompt de Comando. Cada comando é listado com seu respectivo resultado.

  • winver: Exibe informaçõe sobre a versão do Windows instalado no computador
  • appwiz.cpl: Abre a janela para adicionar ou remover programas
  • msinfo32: Abre a janela de informações do sistema, onde é possível obter um resumo dos componentes do PC, bem como obter detalhes sobre conflitos
  • wiaacmgr: Abre o assistente de câmera ou scanner
  • migwiz: Abre o assistente de transferência de definições e arquivos
  • fsquirt: Abre o assistente de transferência de arquivo Bluetooth
  • hdwwiz.cpl: Abre o gerenciador de dispositivos do Windows
  • calc: Calculadora
  • wscui.cpl: Abre a central de segurança e manutenção do Windows, onde é possível ver se está tudo bem com o Firewall, software antivírus e mais
A central de segurança e manutenção do Windows pode ser acessada a partir do comando wscui.cpl no Prompt ou na janela Executar

A central de segurança e manutenção do Windows pode ser acessada a partir do comando wscui.cpl no Prompt ou na janela Executar (Imagem: Captura de tela / Sergio Oliveira)

  • certmgr.msc: Abre a central de visualização e gerenciamento de certificados
  • telnet: Se instalado, abre o cliente Telnet do Windows
  • ipconfig /flushdns: Apaga informações de DNS do protocolo IP
  • ipconfig /release: "Libera" o endereço IP atribuído por DHCP de uma determinada interface
  • ipconfig /displaydns: Ver DNS
  • ipconfig /all: Visualizar todas as informações de rede
  • ipconfig /setclassid: Modifica o Class ID do DHCP
  • ipconfig: Ver informações do protocolo IP
  • rsop.msc: Abre console de gerenciamento do conjunto de políticas resultantes
  • joy.cpl: Abre painel de controladores de jogo
  • secpol.msc: Abre gerenciador de políticas de segurança local
  • logoff: Efetua logoff da conta autenticada no momento no Windows
  • eudcedit: Inicia o editor de caracteres privados
  • regedit: Abre o editor de registro do Windows
O editor de registro é um velho conhecido dos usuários do Windows e pode ser acessado usando o comando regedit

O editor de registro é um velho conhecido dos usuários do Windows e pode ser acessado usando o comando regedit (Imagem: Captura de tela / Sergio Oliveira)

  • shutdown: Desliga o sistema e o computador
  • dir: Exibe uma lista de arquivos e subpastas de uma pasta específica
  • explorer: Abre o explorador de arquivos
  • dxdiag: Ferramenta de diagnóstico do DirectX
  • wabmig: Ferramenta de importação de livro de endereços
  • mrt: Abre a ferramenta de remoção de software mal-intencionado do Windows
  • control admintools: Acessa as ferramentas administrativas do Windows
  • firewall.cpl: Abre o painel de firewall do Windows, onde é possível checar as configurações atuais da proteção, bem como definir suas políticas de bloqueio
  • fonts: Fontes
  • compmgmt.msc: Abre o painel de gerenciamento do computador, onde é possível agendar tarefas, definir pasta compartilhadas, entre outras coisas
  • diskmgmt.msc: Abre o gerenciamento de discos do Windows. Aqui é possível particionar os discos rígidos, redimensioná-los etc
A partir do gerenciador de disco você poderá formatar, particionar e redimensionar os seus discos rígidos

A partir do gerenciador de disco você poderá formatar, particionar e redimensionar os seus discos rígidos (Imagem: Captura de tela / Sergio Oliveira)

  • devmgmt.msc: Também acessa o gerenciador de dispositivos do sistema
  • diskpart: Acessa o gerenciador de partições do disco rígido
  • taskmgr: Abre o gerenciador de tarefas, aquele mesmo que você costuma abrir pressionando CTRL + SHIFT + ESC no teclado
  • utilman: Abre a central de facilidade de acesso do Windows, onde é possível determinar como o sistema se apresentará a pessoas com dificuldades motoras, visuais e/ou auditivas
  • verifier: Gerenciador de verificação de drivers
  • iexpress: Abre o wizard para criação de arquivos executáveis (.exe)
  • control printers: Abre o gerenciador de dispositivos e impressoras, onde é possível adicionar dispositivos USB, Bluetooth e impressoras
  • wmimgmt.msc: Gerenciador de infraestrutura do Windows
  • mobsync: Abre a central de sincronização do sistema
  • mstsc: Abre o console de conexão de área de trabalho remota
  • ncpa.cpl / control netconnections: Abre o gerenciador de conexões de rede
  • cleanmgr: Executa limpeza de disco
  • cmd: Prompt de comando
  • rasphone: Para os que ainda usam, abre a lista telefônica
  • wab: Também algo antiquado, um livro de endereços
  • charmap: Abre o mapa de caracteres
  • dialer: Acessa o discador telefônico
  • access.cpl: Microsoft Access, se estiver instalado
  • excel: Microsof Excel, se estiver instalado
  • frontpg: Microsoft Frontpage, se estiver instalado
  • mspaint: Microsoft Paint, para a garotada
Conhecido por todos desde o primeiro contato com o sistema da Microsoft, o Paint pode ser acessado pelo comando mspaint ou pbrush

Conhecido por todos desde o primeiro contato com o sistema da Microsoft, o Paint pode ser acessado pelo comando mspaint ou pbrush (Imagem: Captura de tela / Sergio Oliveira)

  • powerpnt: Microsoft Powerpoint, se estiver instalado
  • winword: Microsoft Word, se estiver instalado
  • notepad: Bloco de notas
  • control folders: Abre as opções do explorador de arquivos, onde você pode definir se quer exibir pastas e arquivos ocultos, etc.
  • intl.cpl: Abre as configurações de região e idioma do Windows
  • control: Painel de controle
  • pbrush: Alternativa para abrir o Microsoft Paint (antes também conhecido como Paint Brush)
  • fsmgmt.msc: Lista as pastas compartilhadas
  • perfmon: Abre o monitor de desempenho do sistema
  • perfmon.msc: Abre o monitor de desempenho do sistema
  • telephon.cpl: Opções de modem e telefone
  • gpedit.msc: Editor de políticas de grupo local
  • powercfg.cpl: Inicia as opções de energia, onde é possível definir o perfil de consumo energético do computador
  • control color: Abre menu de definição de aparência e cores do Windows
  • inetcpl.cpl: Abre as configurações de internet do sistema
  • timedate.cpl: Propriedades de data e hora
  • mmsys.cpl: Configurações de som do Windows
  • control desktop/desk.cpl: Ajustes de resolução de tela/monitor
  • main.cpl /control mouse: Acessa as propriedades e definições do mouse
  • sysdm.cpl: Abre as propriedades do sistema
  • control keyboard: Propriedades e configurações do teclado
  • syskey: Painel de proteção da base de dados dos usuários Windows
  • sfc /scanboot: Analisa a inicialização do sistema
  • sfc /scanonce: Analisa a próxima inicialização do sistema
  • sfc /scannow: Analisa a inicialização imediatamente
  • sfc /revert: Restabelece as configurações de inicialização de fábrica
  • QuickTime.cpl: Abre as configurações do QuickTime, se ele estiver instalado
  • realplay: Abre as configurações do Real Player, se ele estiver instalado
  • services.msc: Abre o gerenciador de serviços do Windows
A partir da janela de serviços você pode visualizar quais serviços estão iniciando junto com o Windows e desabilitá-los

A partir da janela de serviços você pode visualizar quais serviços estão iniciando junto com o Windows e desabilitá-los (Imagem: Captura de tela / Sergio Oliveira)

  • dcomcnfg: Serviços de componente
  • control schedtasks: Gerenciador de tarefas agendadas do sistema
  • osk: Abre o teclado virtual do Windows
  • control fonts: Fontes
  • tweakui: Abre o Tweak UI, se estiver instalado
  • msconfig: Utilitário de configuração do sistema, onde é possível definir quais programas e serviços são inicializados com o Windows e mais
  • cliconfg: Utilitário de rede para clientes SQL Server
  • sfc: Utilitário de verificação de integridade dos arquivos do sistema
  • chkdsk: Utilitrário de verificação de integridade do disco rígido
  • lusrmgr.msc: Gerenciador de usuários e grupos locais do sistema
  • sigverif: Verificador de assinaturas de arquivos
  • javaws: Visualizador de aplicações Java, se estiver instalado
  • eventvwr.msc: Visualizador de eventos do Windows, uma espécie de log do sistema
  • magnify: Lupa
  • wmplayer: Windows Media Player
  • write: Wordpad

De certo, muitas pessoas não saberão para que servem estas ferramentas. Se você é uma delas, não se acanhe: pesquisa sobre as que lhe chamaram mais a atenção e entenda para quê cada uma delas serve. Dessa forma, você adquire conhecimento por conta própria e começará a fazer coisas no Windows que pouquíssima gente é capaz.

Tem mais alguma dica de comando para executar no Windows que ficou de fora desta nossa lista? Então deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe o que você sabe com todo mundo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.