Vídeo ou ilusão de ótica? Imagem "que se mexe" deixa a internet intrigada

Por Natalie Rosa | 22 de Outubro de 2018 às 12h51
Reprodução/Beau Deeley

Por diversas vezes a internet nos deixou intrigados com imagens que viralizaram, como quando questionamos se um vestido era azul ou dourado. Mas, na verdade, o que acontece é que o nosso cérebro nos faz entender uma coisa diferente do que realmente é.

Desta vez, o que está deixando todo mundo em polvorosa não tem nada a ver com a cor, mas sim com a dúvida de se é uma imagem estática ou não. A figura em questão é uma esfera com vários hexágonos estampados em uma cor próxima do vermelho com bordas douradas, em um fundo com diversos outros hexágonos de dois tons diferentes de roxo.

Acredite se quiser, mas a imagem abaixo não é um GIF e nem um vídeo:

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Se você olha para diferentes pontos da esfera, parece que esta "bola"está sendo envolvida pelo fundo, ainda com a impressão de ser algo dobrado, como um tecido mole. Mas se você olha para o fundo, quem se mexe é o objeto redondo.

A imagem foi criada pelo artista multimídia Beau Deeley, que conta com outras artes parecidas que prometem deixar qualquer um com tontura e dor de cabeça. Questionada, a neurocientista Alice Proverbio, que estuda o funcionamento do cérebro humano, contou no Twitter que o que acontece nesta ilusão de ótica é o acionamento do V5 pela saturação de V4. Não entendeu ainda? Tudo bem, a cientista explica:

"V5 (ou MT) é a área cortical dedicada ao processamento de movimento, enquanto o V4 se dedica ao processamento de cor e forma. Os neurônios V4 estão tão saturados que a taxa de disparo basal/repouso dos neurônios MT é interpretado como um sinal sensorial real", contou Proverbio em seu perfil oficial.

Ou seja, basicamente acontece uma competição dentro do córtex visual. "Quando um sinal é atenuado ou suprimido por qualquer razão, outros insumos têm a chance de serem representados em níveis cognitivos superiores", diz a cientista.

O que a arte de Beau Deeley faz com o cérebro é, de fato, surpreendente, mas a neurocientista alerta que observar essas figuras por muito tempo pode, sim, causar dores de cabeça.

Fonte: Gizmodo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.