Siga o @canaltech no instagram
Unboxing 55 / 56 vídeos

Unboxing | Novo Motorola One Vision

09:49 | Por Wellington Arruda | 15 de Maio de 2019
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Motorola One Vision

Ficha técnica

A Motorola anunciou nesta quarta-feira (15) o One Vision, seu novo smartphone intermediário premium. O aparelho vem com um display maior e sem nenhum “notch” como na geração anterior, além de hardware atualizado: há mais bateria e memória interna. Um dos principais destaques, entretanto, fica para o display.

Ele vem com uma tela IPS LCD de 6,3 polegadas Full HD+ (2520 x 1080p), embora seja um pouco mais esticada do que o “novo padrão”. O formato 21:9 adotado pela fabricante torna o dispositivo um pouco mais esticado do que o convencional, o que naturalmente nos remete ao consumo de conteúdo em vídeo (especialmente filmes).

De qualquer forma, o One Vision chega com o dobro do espaço interno do Motorola One (lançado em 2018): são 128 GB com slot (híbrido) para MicroSD. A RAM segue com 4 GB, embora a empresa tenha adotado um chip Exynos 9609 da Samsung no lugar do Snapdragon 625 da última geração.

  • Quer comprar o Motorola One Vision com desconto, por apenas R$ 1.799? Então confira esta oferta!

A sua bateria ganhou 500 mAh a mais: temos 3.000 mAh no Moto One e 3.500 mAh no One Vision. O carregador TurboPower também é enviado na caixa, mas não foi dessa vez que presenciamos suporte ao carregamento por indução.

No conjunto, o dispositivo segue com Android One. Ele roda o Android 9 Pie sem nenhuma alteração estética ou mudanças mais pesadas, embora mantenha as Moto Ações e Tela. Também temos suporte a NFC, Bluetooth 5.0 e Dolby Audio.

O novo Motorola One Vision traz design firme e em vidro, inclusive uma capinha de proteção é enviada junto com ele. Os botões ficam no lado direito e a gaveta de slots no esquerdo; a porta USB-C, microfone principal e saída de som na parte inferior, e no topo temos mais um microfone e a entrada P2 (3,5 mm) para fones de ouvido.

Como temos aqui um padrão mais esticado e um display definitivamente grande, manusear o One Vision com apenas uma das mãos não é uma das tarefas mais fáceis. Por outro lado, o hardware pode ser capaz de executar jogos graficamente exigentes e aplicativos de produtividade tranquilamente.

Agora, falando de câmeras, a Motorola também resolveu adotar o “furo” na tela: diferente da Samsung (Galaxy S10), ele está no lado esquerdo do painel e abriga um sensor de 25 MP (f/2.0). A câmera principal dele tem 48 MP (f/1.7 - OIS) e utiliza o recurso Quad Pixel, que une quatro pixels em um para renderizar as imagens em 12 MP. Há também um sensor secundário de 5 MP na traseira para capturar mais detalhes e flash LED duplo.

Para um primeiro momento, e também nestes primeiros dias de uso, o One Vision tem se comportado muito bem. O software, com promessas de atualizações mais rápidas, se comporta com fluidez, as câmeras não decepcionam e a autonomia de bateria vem sendo… satisfatória. É claro que, até que a nossa análise seja fechada, traremos muitos outros detalhes de uso do novo smartphone da Motorola.

Por enquanto, você ainda pode nos enviar suas dúvidas sobre o One Vision e nós tentaremos respondê-las nos próximos dias.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Motorola One Vision