Novo Polo (2018) [CT Auto]

07:28 | Por Redação | 23 de Novembro de 2017

O Novo Polo, que pode ser chamado carinhosamente de mini Golf, tem objetivo bem claro. Ser uma ótima compra que tem características da linha premium da Volkswagen. Com um adicional muito especial: o painel digital. Curioso para saber onde e como que tanta tecnologia responde ao motorista na rua? Se liga no review.

NOVO VISUAL NA SEXTA GERAÇÃO

O Novo Polo nasce de um legado bastante importante e que, agora, vem em uma plataforma internacional do veículo. O visual frontal é agressivo, deixando clara a posição de compacto premium onde ele está. Um mini Golf de verdade.

Os dois frisos que saem do começo do capô entregam ainda mais agressividade, que combinada com a máscara preta dos faróis e LEDs na parte inferior, flertam em um misto de poder com modernidade e tecnologia.

Em números, ele tem 4 metros de comprimento, com 2.565 mm de distância entre os eixos, 1.751 mm de largura e 1.4 metro de altura.

FORTE POR DENTRO

Abaixo do capô, a Volkswagen escolheu um motor que consegue 128 cv, o suficiente para sair na ultrapassagem com mais conforto e segurança. A transmissão automática possui seis velocidades e o tempo de retomada, sinceramente, foi mais curto do que o esperado.

Tanto na estrada como na cidade, sair na frente ou garantir a ultrapassagem não é trabalho para esta transmissão, que possui trocas rápidas e precisas. Por fim, o Novo Polo vai de 0 até 100 km/h em pouco mais de 9 segundos e faz até 192 km/h, quando abastecido com etanol.

Falando em combustível, o consumo está marcado em 11,6 km/l na cidade e 14,1 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina. Ou 8 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada para o etanol, com base na versão com motor 200 TSI que testamos.

OK, vocês estão no Canaltech e querem saber sobre tecnologia, né? Vamos lá.

SENSORES, MUITOS SENSORES

Começando por fora, o Novo Polo vem com sensores de estacionamento na parte da frente e também atrás. Perfeito para manobras em locais mais apertados, com alertas para qualquer lado da frente ou atrás, com carros ou obstáculos no caminho.

Existe, ativado por padrão, sensor para estabilidade do carro e que evita derrapagem, diminuindo automaticamente o torque do motor ou freando rodas, sem a necessidade de ação do motorista. Há um sistema de limpeza automática dos discos de freio para em momentos de chuva e outro que entende que uma roda está em um piso diferente e tenta evitar a perda da dirigibilidade do carro.

Há também sensores de pressão nos pneus e que respondem com precisão e avisam quando está na hora de calibrar os pneus. O Novo Polo vem com sensor de fadiga. Isso significa que o carro entende que o motorista está demonstrando sinais de cansaço e que é importante dar uma pausa na viagem.

O mais bacana é que não é apenas uma ação que liga a função. O carro entende um conjunto delas, como as mudanças na velocidade, na direção e outros pontos que deixam claro o sono. Todos os dados são comparados aos primeiros quinze minutos de viagem. Neste momento, uma tela aparece na frente do motorista, com aviso sonoro, para lembrar que é importante repensar se continua no caminho ou não.

A chave pode ser deixada no bolso em todos os momentos, já que o carro sabe que ela está por perto e destrava a porta automaticamente, quando a mão do motorista pega a maçaneta. Também permite ligar ou desligar o motor apenas com um botão, desde que a chave esteja dentro do veículo.

Por fim, os sensores dos airbags fazem com que o carro freie automaticamente em caso de acidente. Evitando assim acidentes secundários ou ainda piores do que o primeiro.

MAIS TECNOLOGIA

No console central há uma tela de 8 polegadas que exibe diversas informações do carro, da viagem e também de música ou do celular. Você pode conectar um smartphone (ou dois ao mesmo tempo, via Bluetooth) e utilizar direto do sistema operacional que a Volkswagen disponibiliza, que é o suficiente para ligar pra alguém. Mas, se quiser mais, o Novo Polo é compatível com Android Auto, Car Play e também a plataforma MirrorLink. Ah, claro, você só pode conectar um smartphone por vez no App Conect da própria Volkswagen ou nos sistemas da Apple e do Android.

No Car Play, o iOS exibe músicas, podcasts e permite ler e responder a mensagens de texto, assim como enviar e receber ligações. O Android Auto é mais completo, com a possibilidade de enviar mensagens de texto em vários apps diferentes, como WhatsApp, além de exibir mapa que pode ser do Waze ou Google Maps.

Mas, se você deixar o celular em casa, o próprio sistema do carro tem um mapa que vem recheado de pontos de interesse. Todos os mapas são offline e podem ser atualizados com um cartão SD.

Dá pra controlar tudo por voz ou com os comandos na tela. Os botões laterais também são sensíveis ao toque e alternam rapidamente entre uma função e outra. Há mais de uma porta USB no carro, com número suficiente para motorista e passageiros.

AINDA MAIS TECNOLOGIA

Se você achou que apenas uma tela não era o suficiente, a Volkswagen pegou um acessório de modelos de segmento superior e colocou aqui: esta tela enorme e que ocupa todo o painel que está na frente do motorista. Tudo é digital, todos os ponteiros e mostradores. Tudo.

Este painel permite manter os ponteiros, ou até mesmo remover tudo e mostrar outras informações, como mapa da rota ou dados sobre o consumo de combustível em tempo real. Esta tela tem 10,25 polegadas e exibe resolução de 1440 x 540 pixels, o suficiente para que nenhum quadrado apareça ou fique visível.

Ela basicamente entrega ao motorista, em uma visão mais segura e que não tira os olhos da pista com facilidade, a maior parte do que é exibido na tela de 8 polegadas do centro do carro. Dados da viagem, música, telefone e rotas podem aparecer lá atrás do volante.

E já que o volante foi citado, ele vem com comandos para controlar ambas as telas, atalho para os comandos de voz, volume e também para um recurso bastante bacana, que é o piloto automático. Neste modo, o carro respeita a velocidade que você escolher e segue nela, mesmo em descidas. Tudo sem a necessidade de colocar o pé no acelerador depois de configurar a velocidade desejada.

CONCLUSÃO

O Novo Polo é realmente uma evolução interessantíssima. Adiciona recursos muito interessantes e faz o carro vestir a camisa de um mini Golf, entregando a experiência de direção do Golf, em uma roupagem diferente.

Para os amantes de carros, é uma ótima pedida para quem quer mais do que um compacto. Para os amantes de tecnologia, como nós, há sensores de todos os tipos e para todos os lados, assistência para condução mais segura e até mesmo duas telas grandes, com a cereja do bolo na que tira os ponteiros analógicos e coloca tudo digital.

Por R$ 69.190 nesta versão que avaliamos, o Novo Polo é uma ótima pedida, com preço bom quando comparado com a concorrência e deixa claro que tecnologia de ponta não é exclusiva dos carros de segmento superior.