Comparativo 135 / 148 vídeos

Samsung Galaxy J5 Pro vs ASUS Zenfone 3 [Comparativo]

07:46 | 06 de Setembro de 2017

A lista de smartphones mais buscados no mercado já mostra a linha de smartphones Galaxy J. O J5 Pro é o mais recente deste pacote de aparelhos, também o mais caro. Os Zenfone são populares, mas ainda não tanto quanto os Galaxy. O Zenfone 3 também está na lista dos mais recentes, com muita coisa parecida com o J5 Pro. Então, nada mais justo do que um comparativo entre eles, não?

CONSTRUÇÃO

O Galaxy J5 Pro tem muito de seus antecessores. Ele é feito em um misto de metal e vidro, que encaixa bem nas mãos e tende a não ser tão escorregadio assim. Quase que de mesmo peso que o Zenfone 3, o J5 Pro é menor em altura e largura, mas na espessura ele vai para 0,3 milímetros além do aparelho da Asus. Sério, você não vai notar. Por fim, o leitor de impressões digitais está na frente, com espaço de sobra para ler os dedos com certa facilidade.


O Zenfone 3 é completamente diferente no visual, mas compartilha de muito das dimensões. A pegada sofre um pouco mais, já que o vidro escorrega mais do que o metal. Ele tem corpo muito mais em vidro do que metal, com os detalhes de círculos concêntricos já manjados da Asus. É bem mais bonito, mais elegante pra ficar na mesa. Ah, sim, o leitor de impressões digitais fica na parte traseira e o local predileto depende muito de escolha pessoal.

Como o restante da construção. Ou você escolhe mais metal e uma pegada mais confortável, ou mais vidro em um visual mais elegante. Ambos fazem bem na construção e a escolha do melhor fica com vocês. Ponto para os dois.

USABILIDADE + DESEMPENHO

O Zenfone 3 foi lançado em 2016, com o Galaxy J5 Pro chegando no mundo em 2017. Com quase um ano de diferença, a disputa poderia ficar desvantajosa para um dos lados, mas não. O smartphone da Asus vem equipado com um processador Snapdragon 625 octa-core de 2 GHz, com 3 GB de memória RAM e 32 GB de espaço interno.

Já o J5 Pro vem com processador da própria Samsung, um Exynos 7870 também octa-core, só que com núcleos que vão até 1.6 GHz. Ele também vem com 32 GB de memória interna e 2 GB de RAM. Então….perde? Não tanto.

Nos dois aparelhos você terá o melhor que um intermediário pode entregar. Nenhum deles trava, mesmo com muitos aplicativos abertos. O Zenfone 3 consegue segurar mais apps abertos, já que tem 1 GB extra de RAM. Testamos diversos games e todos rodaram com alta taxa de quadros por segundo, sem qualquer engasgo.

O que muda, de verdade, é o visual do Android. Enquanto a Asus vai com a Zen UI, bastante pesada, com recursos bacanas, só que com aplicativos demais já embarcados. A Samsung aprendeu muito com este erro e refinou bastante da TouchWiz. A interface é mais limpa, menos intrusiva e isso dá mais leveza na usabilidade.

Ponto no hardware para o Zenfone 3, mas ponto pra Samsung em software. Ponto para os dois então.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

O Galaxy J5 Pro tem uma tela Super AMOLED de 5.2 polegadas, com resolução de 1280 x 720 pixels e que preenche pouco mais de 71% da frente do smartphone. Ela, como outros displays com a mesma tecnologia, sabe muito bem como lidar com saturação, ângulos de visão e oferece contraste quase que infinito. Peca somente para a resolução.

Já o Zenfone 3 utiliza um painel IPS LCD de 5.5 polegadas, com resolução de 1920 x 1080 pixels. Nós temos uma preferência antiga por telas AMOLED, que entregam melhor contraste, saturação elevada (que pode ser controlada dentro das configurações) e visibilidade superior em ambientes bem iluminados. O Zenfone 3 só ganha do Galaxy J5 Pro na resolução. A diferença é pequena, mas é o suficiente para garantir mais ruas na mesma tela do Waze, por exemplo. Ou mais conteúdo ao mesmo tempo na timeline do Facebook. Entendeu?

Empate, já que o J5 Pro ganha na qualidade da tela e o Zenfone 3 na resolução. Ponto para os dois.

CÂMERAS

Na traseira do Zenfone 3 há uma câmera de 16 megapixels, com abertura de f/2.0 com auto-foco laser e detecção de fase. Junto de estabilização ótica e capacidade de filmar em 4K. Na frente são 8 megapixels, com a mesma abertura da traseira. A interface da Asus oferece muitos recursos extras, como modo profissional recheado de controles, ou um que abusa da ISO e coloca fotos com muita luz, mesmo em ambientes bem escuros.

O J5 Pro tem câmera de 13 megapixels, com abertura de f/1.7 e foco automático com detecção de fase. Sem laser. A câmera frontal é de 13 megapixels, com abertura de f/1.9. A resolução dele é menor, mas a qualidade final é superior. Principalmente em ambientes com pouca luz, já que a lente é bem mais clara. Ela recebe mais luz, o que faz a ISO ficar menor e isso garante fotos noturnas sem tanto granulado.

Também dá para controlar muito em um modo profissional, mas a qualidade geral das imagens é superior. Ele só não filma em 4K, que não chega a ser um problema.

Ponto para o J5 Pro, mas que pode mudar se você faz questão de 4K na câmera.

BATERIA

Os dois smartphones contam com a mesma capacidade de bateria, marcada em 3.000mAh. Cada um tem uma forma de economizar própria, tanto do lado da TouchWiz que está no J5 Pro, como na ZenUI do Zenfone 3. O que muda é que o Snapdragon 625 é o rei do parquinho em autonomia. O Exynos 7870 não faz feio, mas faz menos bonito que este processador da Qualcomm. E isso faz toda a diferença. É a garantia de mais tempo fazendo exatamente a mesma coisa. Entende?

Ponto para o Zenfone 3.

PREÇO

  • Zenfone 3: R$ 1.599 (ASUS) ou ~R$ 1.200 (varejo);
  • Galaxy J5 Pro: R$ 1.299 (Samsung) ou ~R$ R$ 1.150 (varejo).

A diferença de preço entre os dois modelos é grande em suas lojas oficiais, dentro do site da Asus e da Samsung. No varejo os R$ 200 que separam ambos os modelos, baixa para mais ou menos R$ 50. Olhando para o que cada um oferece, junto do preço no varejo, o J5 Pro leva vantagem. Ele é mais barato e oferece o mesmo desempenho, sistema operacional menos poluído e câmera superior.

Ponto para ele.

QUEM GANHA?

O resultado ficou assim:

  • Galaxy J5 Pro com 5 pontos, marcando em: construção, usabilidade + desempenho, display e multimídia, câmeras e preço.
  • Zenfone 3 com 4 pontos, marcando em: construção, display e multimídia, usabilidade + desempenho e bateria.

O campeão é o J5 Pro, por ser mais barato do que o Zenfone 3 tanto em sua loja oficial, como no varejo. Ele perde no desempenho, só que com interface menos poluída, ótima tela Super AMOLED, câmera superior para fotos e vídeos, perdendo só na resolução de vídeo).

Além de ser um smartphone mais novo, o que garante maior tempo de vida útil em sua mão. Não que o Zenfone já esteja morto, mas ele custa mais caro e perde em mais pontos. Entendeu? Por isso.

Vocês concordam? Discordam? Pensam em outros pontos para o J5 Pro ou o Zenfone 3? Coloque aqui nos comentários.